Martine e Kahena vencem evento-teste de vela e confirmam vaga olímpica

Martine e Kahena vencem evento-teste de vela e confirmam vaga olímpica

As velejadoras Martine Grael e Kahena Kunze, que recentemente conquistaram o ouro nos Jogos Pan-americanos de Lima, voltaram a brilhar na classe 49er FX da vela. Desta vez durante o evento-teste da modalidade em Enoshima, na mesma raia onde será realizada a competição de vela na Olimpíada do ano que vem.

As brasileiras conquistaram o ouro, com apenas 57 pontos. As norueguesas Helene Naess e Marie Ronningen ficaram com a medalha de prata, com 62 pontos perdidos. As britânicas Saskia Tidey e Charlotte Dobson, que lideravam o evento-teste até a medal race, acabaram com o bronze, com 62 pontos perdidos.

Com a vitória, as duas confirmam participação na Olimpíada de Tóquio. Martine e Kahena já haviam conquistado a vaga para o Brasil ano passado, quando ficaram em quarto no Mundial de Aarhus. Agora, o próximo desafio delas, no Mundial da classe 49er FX, será no fim de novembro, em Auckland, na Nova Zelândia.

Além da classe 49er FX, o Brasil também já garantiu classificação olímpica nas classes Laser, Finn, 49er masculina, 470 feminina e Nacra 17. São seis barcos e 10 velejadores garantidos nos Jogos, um número que ainda deve crescer após os Mundiais deste ano e os Campeonatos Sul-Americanos de 2020.

Martine Grael e Kahena Kunze: atuais campeãs olímpicas

Com a confirmação da vaga olímpica, as duas brasileiras poderão defender o título olímpico conquistado na Olimpíada do Rio de Janeiro, em 2016. Naquela ocasião, Martine e Kahena subiram ao lugar mais do pódio com apenas 48 pontos perdidos, deixando para trás as neozelandesas e as dinamarquesas, respectivamente, prata e bronze.

As competições da vela nos Jogos Olímpicos de 2020 começam dia 27 de julho e vão até o dia 6 de agosto. Serão 350 velejadores disputando 10 eventos de medalhas.

Confira o resultado completo da competição no site da World Sailing, a federação internacional da modalidade.

Comentários (0)

Leave a Reply

© 2018-2020 Agência Olímpica.

Rolar para cima