Evento-teste de paratriatlo sofre mudanças por causa de bactéria nas águas de Tóquio

Evento-teste de paratriatlo sofre mudanças por causa de bactéria nas águas de Tóquio

A prova de natação do evento-teste de paratriatlo, que está sendo realizado em Tóquio, precisou ser cancelada por causa dos altos níveis de Escherichia coli encontrados na água da baía da capital japonesa.

Esta é a segunda mudança realizada pela União Internacional de Triatlo (UIT) na Copa do Mundo de Tóquio. Na última quinta-feira, a organização precisou reduzir a distância da prova de corrida devido à preocupação com a segurança e saúde dos atletas em condições quentes e úmidas.

“O formato da disputa foi mudado de um triatlo para um duatlo após a medição da qualidade da água feita ontem à tarde, que mostrou um aumento nos níveis de bactérias nas águas onde são disputadas a competição”, disse o diretor de marketing do Comitê Paralímpico Internacional (CPI).

Os organizadores de Tóquio 2020 disseram que uma revisão mais abrangente está programada para ser realizada e que garantirão um “ambiente seguro e saudável para os atletas” que participarem dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos do ano que vem.

A maioria das variedades de E. coli é inofensível ou causa diarreia relativamente fraca. Mas tipos mais agressivos podem causar doenças, como insuficiência renal, assim como fortes cãibras estomacais, diarreia com sangue e vômitos.

Comentários (0)

Leave a Reply

© 2018-2020 Agência Olímpica.

Rolar para cima