Presidente da Itália garante apoio à campanha de Milão-Cortina 2026

Presidente da Itália garante apoio à campanha de Milão-Cortina 2026

Itália e Suécia disputam o direito de hospedar a Olimpíada e Paralimpíada de Inverno de 2026

A proposta conjunta de Milão-Cortina d’Ampezzo para as Olimpíadas e Paralimpíadas de Inverno de 2026 acaba de receber o apoio mais importante do governo federal italiano.

O presidente do país, Sergio Mattarella, prometeu dar o “máximo apoio” possível à candidatura, de acordo com reportagem da agência de notícias Stampa Associata.

“Asseguro todo suporte e apoio possíveis”, disse Mattarella, acrescentando que os Jogos de Inverno “têm grande importância, não apenas para as duas cidades-sede, mas também para toda a Itália”.

Os comentários de Matterella foram feitos um dia após o vice-primeiro ministro italiano e ministro do Interior, Matteo Salvini, pedir que o governo garantisse o dinheiro para sediar as Olimpíadas de 2026, alegando que é “uma oportunidade excepcional” para exibir a Itália e as regiões anfitriãs ao mundo.

O governo italiano ainda não formalizou as garantias financeiras para o projeto, apesar de ter aprovado a proposta em 10 de janeiro, um dia antes da data limite para a apresentação do livro de candidatura ao Comitê Olímpico Internacional (COI).

Em novembro, o COI aprovou a proposta de Milão-Cortina de avançar sem apoio financeiro do governo central, dizendo que o financiamento dos governos regionais da Lombardia e Vêneto seria suficiente. Uma semana depois, Salvini afirmou que o governo “dará o empurrão final” para pagar os custos restantes que não forem cobertos por outros meios.

O único outro candidato à Olimpíada de 2026, Estocolmo-Are, também carece de garantias do governo nacional.

A Comissão de Avaliação do COI está na Suécia para a inspeção e avaliação dos locais propostos para os Jogos de Inverno de 2026 e, entre 2 e 6 de abril, estará na Itália para realizar os mesmos procedimentos.

O relatório da Comissão será divulgado antes da eleição da cidade-sede, que ocorrerá em 24 de junho, durante a 134ª sessão do COI em Lausanne, Suíça.

Comentários (0)

Leave a Reply

Your email address will not be published.

© 2018-2021 Agência Olímpica.

Rolar para cima