Katie Ledecky supera mal-estar e volta a competir no Mundial de Gwangju

Após se retirar da eliminatória dos 200 m nado livre, e da final dos 1500 mesmo estilo, a norte-americana Katie Ledecky voltará ao Mundial de natação depois de sofrer desidratação e vômitos na semana anterior. Ela fará parte da final do revezamento 4×200 m livre, nesta quinta-feira (25), em Gwangju, na Coréia do Sul.

Ela será a segunda nadadora do revezamento estadunidense, logo após Simone Manuel e ser seguida por Melanie Margalis e Katie McLaughlin.

Katie, cinco vezes campeã olímpica, abandonou seus dois últimos eventos na terça-feira, com a USA Swimming e seu técnico, Greg Meehan, citando uma doença não especificada que a afetou desde a chegada à Coreia do Sul em 17 de julho.

“Katie não está se sentindo bem desde que chegou a Gwangju, em 17 de julho, e essas medidas de precaução estão sendo tomadas para garantir seu bem-estar e recuperação adequada”, informou o comunicado da entidade.

Katie Ledecky não disputará os 200 m livre e é dúvida para a final dos 1500 m em Gwangju

A nadadora de 22 anos teria retornado aos treinos na última quarta-feira (24) e vai competir hoje pela primeira vez desde as baterias de nado livre na segunda-feira de manhã.

Confira todas as notícias do Mundial de Gwangju.

Recentes