Fina transfere Mundial de piscina curta da Rússia para a Austrália

Melbourne, que nunca sediou uma edição do evento, foi a escolhida para receber a competição

Lausanne, Suíça – A Fina (Federação Internacional de Natação) bateu o martelo e decidiu mudar a sede do Mundial de piscina curta, que seria realizado na cidade de Cazã, em dezembro. A decisão vem em resposta à invasão russa na Ucrânia.

Apesar de rumores circularem na mídia especializada há algum tempo, somente hoje, por meio de um comunicado à imprensa, a informação foi confirmada.

A entidade máxima dos esportes aquáticos concedeu à Melbourne, cidade australiana, o direito de sediar o evento, que agora vai ocorrer entre 13 e 18 de dezembro.

PUBLICIDADE

Últimas notícias

LEIA TAMBÉM