Rússia quer sediar os Jogos Europeus de 2023

Data:

A cidade russa de Kazan está disputando o direito de hospedar a terceira edição dos Jogos Europeus, em 2023, apesar dos escândalos de doping envolvendo o país.

O presidente do Comitê Olímpico da Rússia (COR), Stanislav Pozdnyakov, está trabalhando com autoridades regionais na candidatura de Kazan e disse na terça-feira (19) que a cidade tem “uma infra-estrutura esportiva única de nível russo e internacional”.

- Advertisement -

Kazan sediou os Jogos Universitários em 2013, o campeonato mundial de natação dois anos depois e alguns jogos de futebol da Copa do Mundo FIFA no ano passado. O investigador da Agência Mundial Antidoping (WADA), Richard McLaren, disse mais tarde que os Jogos Universitários foram usados como um “teste” para o vasto sistema de manipulação de exames e resultados que foi aplicado durante os Jogos Olímpicos de Inverno, em 2014, em Sochi, Rússia.

McLaren acusou a anfitriã de liderar o quadro de medalhas dos Jogos Universitários em parte por causa de “uma blindagem dos atletas russos pela RUSADA (Agência Antidoping da Rússia) e por membros do Ministério dos Esportes do país”.

A WADA suspendeu uma sanção contra a RUSADA em setembro, sob a condição de que as autoridades entregassem dados e amostras do laboratório de Moscou. A Rússia entregou os dados este mês depois de perder um prazo mais cedo, e tem até 30 de junho para fornecer as amostras para a reanálise. Se quebrar essas condições, a WADA pode tentar impedir que a Rússia realize grandes eventos esportivos internacionais.

Se Kazan for bem sucedida, serão os terceiros Jogos Europeus num país pós-soviético, desde o evento inaugural no Azerbaijão em 2015 e a edição deste ano na Bielorrússia. Os jogos de 2019 seriam realizados, originalmente, na Holanda, mas os anfitriões desistiram em 2015, afirmando que o evento custaria muito caro.

Os Comitês Olímpicos da Europa, que administram os Jogos Europeus, disseram neste mês que a cidade polonesa de Katowice manifestou interesse no evento de 2023.

- Advertisement -
Gabriel Lima
Gabriel Lima
Gabriel Lima é jornalista, formado pela Universidade Federal do Pará. Já participou da cobertura dos Jogos Olímpicos da Juventude em Buenos Aires, 2018. Na ocasião, esteve responsável pelas notícias e atualizações da ginástica artística.

Compartilhe

Recentes