Artigo atual
Dina Averina pode igualar marca histórica em Baku

Dina Averina pode igualar marca histórica em Baku

Dina Averina pode igualar marca história em Baku

Atual bicampeã mundial do individual geral, a russa Dina Averina pode tornar-se apenas a quinta ginasta a conquistar o título mais importante da ginástica rítmica três vezes – e de maneira consecutiva – em um Mundial. Campeã em Pesaro 2017 e Sofia 2018, Dina inicia os trabalhos pelo ouro em Baku 2019 na próxima segunda-feira (16).

Anteriormente, apenas Maria Gigova (1969-73), Maria Petrova (1993-95), Evgeniya Kanaeva (2009-2011) e Yana Kudryavtseva (2013-2016) conseguiram tal feito. Das quatro, apenas Kanaeva foi campeã olímpica, bicampeã, aliás, em 2008 e em 2012.

Embora seja a favorita ao ouro, Dina Averina tem duas fortes adversárias que podem frustrar seu sonho na capital do Azerbaijão. Uma delas é grande conhecida da russa. Trata-se de sua irmã gêmea, Irina Averina, que em 2017 ficou com o segundo lugar e já mostrou que pode desafiá-la nesta briga. A outra é a israelense Linoy Ashram, que recentemente a derrotou nas finais da bola e das maças nos Jogos Europeus de Minsk.

A 37ª edição do Mundial de ginástica rítmica será realizada em Baku, capital do Azerbaijão, entre 16 e 22 de setembro de 2019. A final do individual geral está agendada para o último dia, a partir das 8h da manhã (horário de Brasília).

Todas as informações sobre a competição de ginástica rítmica mais importante do ano, e que servirá como classificatório para os Jogos de Tóquio 2020, estão disponíveis no site oficial da Federação Internacional de Ginástica (FIG). Acesse!

Comentários (0)

Leave a Reply

Your email address will not be published.

© 2018-2020 Agência Olímpica.