Federação Americana de Ginástica tem nova presidente

Li Li Leung é a nova presidente da Federação Americana de Ginástica.

Li Li Leung é quarta presidente e CEO da USA Gymnastics nos últimos 23 meses

A Federação Americana de Ginástica (USA Gymnastics) anunciou a contratação de Li Li Leung, vice-presidente da NBA (National Basketball Association), para gerenciar a instituição.

“Eu estava em uma ótima posição na NBA e não queria sair. A ginástica foi uma grande parte da minha vida e, até hoje, estou envolvida com ela”, disse Leung em uma teleconferência. “Fiquei de coração partido ao ver como a ginástica americana estava. Isso me obrigou a dar um passo à frente e aceitar a proposta”.

Leung começou sua carreira na ginástica aos 7 anos de idade. Ela competiu em vários eventos de ginástica nos Estados Unidos e integrou a equipe nacional júnior que representou o país nos Jogos Pan-Americanos Júnior de 1988. Ela foi membro da equipe de ginástica da Universidade de Michigan, que ganhou vários títulos Big 10, e competiu no NCAA (liga esportiva universitária dos EUA) durante seus quatro anos no time.

A nova dirigente terá uma grande missão pela frente: restaurar o prestígio da instituição e conseguir novos ativos para tirar a USA Gym da crise em que se encontra.

Enfrentando ações judiciais das vítimas de abuso sexuais, bem como um processo do Comitê Olímpico dos EUA (USOC) para descredenciar o órgão como gestor da ginástica do país, a Confederação declarou falência, em dezembro de 2018, em mais uma tentativa de se salvar.

Leung afirmou que uma de suas primeiras prioridades é chegar a um acordo com os sobreviventes. Ela também disse que já está conversando com a CEO do USOC, Sarah Hirshland, e disse que “ambos os lados estão comprometidos em trabalhar juntos para resolver esta situação”.

“Eu não teria aceitado um emprego se não achasse que poderia ter sucesso nisso”, disse Leung.

Comentários (0)

Leave a Reply

© 2018-2020 Agência Olímpica.

Rolar para cima