F1: Da sexta posição, Max Verstappen segura Hamilton e vence o GP dos EUA 

Data:

Max Verstappen venceu o Grande Prêmio dos Estados Unidos de Fórmula 1. Após largar da 6° posição, o tricampeão segurou Hamilton nas últimas volta e se recuperou para vencer a corrida.

Lewis Hamilton conquistou a segunda posição e Lando Norris terminou em terceiro lugar. Com a vitória, Max Verstappen alcançou a 50° carreira, sendo 15 só nesta temporada de 2023.

- Advertisement -

Além disso, Verstappen ainda se tornou o primeiro piloto a vencer em Austin sem ter largado da primeira fila. A vitória do tricampeão foi suada, talvez a mais difícil até o momento no campeonato. O piloto da Red Bull teve de lidar com problemas nos freios e no finalzinho da corrida, uma ameaça de Hamilton.

“Acho que sofri a corrida toda com os freios, o que definitivamente fez a corrida um pouco mais difícil. Você conseguia ver, estava bem próximo no fim. É incrível vencer minha 50ª corrida aqui, muito orgulhoso, é claro. E vamos tentar seguir forçando por mais”, declarou o piloto após a prova.

Corrida

A corrida começou com modificações no grid. Fernando Alonso, Lance Stroll, Nico Hulkenberg e Kevin Magnussen largaram do pit lane após fazem modificações nos carros.

Charles Leclerc começou na ponta. Mas, já na largada, Norris saiu bem e assumiu a liderança. Lewis Hamilton, que vinha logo atrás deles, não começou bem e perdeu a terceira posição para Carlos Sainz.

O piloto da Mercedes teve que correr atrás do prejuízo, mas não teve dificuldades para ultrapassar o espanhol e depois caçou Leclerc.

Max Verstappen fez uma boa largada. O holandês ficou roda a roda com Hamilton, mas não ultrapassou o heptacampeão. Da quinta posição, o tricampeão foi fazendo ultrapassagens até chegar entre os três primeiros colocados.

Hamilton na liderança

Lewis Hamilton teve chances de vencer a corrida. Com os problemas no carro de Verstappen e bom desempenho do W14, que estava mais rápido que as Mclaren e Ferraris, o piloto inglês fez uma boa corrida. Na volta 17º, Max, que vinha logo atrás dele, parou e colocou pneus médios, Lando Norris parou na volta seguinte e o heptacampeão ficou na pista por mais quatro voltas.

Na volta 21, Lewis parou, no entanto, o pit stop foi ruim, de quase 4 segundos. Com isso, ele saiu a mais de 4 segundos atrás de Verstappen. Assim, Hamilton teve que forçar para diminuir a diferença. E conseguiu.

No final, quando estava na liderança novamente, após a segunda parada Norris e Max, Lewis parou e de novo teve que se recuperar para ganhar posições. O heptacampeão tinha um bom ritmo e ultrapassou Leclerc e Lando. Hamilton ainda forçou para tirar a diferença de 6 segundo para Verstappen, mas, faltaram algumas voltas.

Com mais um pódio, Lewis Hamilton se isola ainda mais como o piloto com mais pódios na história da Fórmula 1. São 197 no total.

Leclerc ficou…

Mais uma vez a Ferrari errou com Charles Leclerc. O monegasco que havia largado da ponta terminou a corrida na sexta colocação. A equipe decidiu fazer apenas uma parada com o piloto e isso acabou deixando ele lento e sem condições de se defender na pista.

Após ter sido superado por Hamilton, Carlos Sainz e Sergio Pérez também ultrapassaram o monegasco, que reclamou da estratégia da equipe pelo rádio.

Boa estratégia e controle

Mesmo com os problemas nos freios, Verstappen foi mais rápidos em alguns momentos. No entanto, o que mais ajudou o tricampeão foi a estratégia impecável da Red Bull e controle da corrida que o holandês teve.

Após a segunda parada, Max chegou no top 3 sem muitas dificuldades. Ultrapassou Sainz, Leclerc e tirou a diferença que Norris tinha para assumir a liderança.

Como de costume, Verstappen foi aumentando a vantagem e colocou cerca de 4 segundos em cima de Norris. Com a briga por posição entre Lewis e o piloto da Mclaren, a diferença foi para seis e foi mantida.

No final da prova, Hamilton forçou bastante para chegar no holandês e reduziu a vantagem para pouco mais de 1 segundos. Apesar dos freios, Verstappen conseguiu se segurar e venceu em GP de Austin.

Abandonos

Após ter largado do pit lane, Alonso vinha fazendo uma boa corrida de recuperação. O espanhol chegou a entrar na zona de pontuação, contudo, próximo do fim da prova, ele precisou abandonar por conta de problemas no carro.

Esteban Ocon e Oscar Piastri se tocaram no início da prova e isso acabou gerando danos nos dois carros. Ambos os pilotos também deixaram a corrida antes

Agenda

A 19º etapa do campeonato da Fórmula 1 será o GP do México, no próximo domingo (29). Após este, a próxima parada será no GP de São Paulo, no dia 5 de novembro.

- Advertisement -
Aila Beatriz Inete
Aila Beatriz Inete
Aila Beatriz Inete é formada em jornalismo pela Universidade Federal do Pará (UFPA). É apaixonada por exportes e tem experiência na cobertura de eventos esportivos no Pará.

Compartilhe

Recentes