F1: Carlos Sainz brilha, vence o GP de Singapura e quebra hegemonia da RBR

Data:

Carlos Sainz fez uma final de semana para não se esquecer na Fórmula 1. O piloto da Ferrari liderou dois dos três treinos livres, fez a pole e venceu o Grande Prêmio de Singapura deste domingo (17).

Com isso, o espanhol conquistou a segunda vitória da carreira e interrompeu a sequência de triunfos da Red Bull, que teve um final de semana para esquecer.

- Advertisement -

Em segundo lugar veio Lando Norris, da McLaren, e em terceiro Lewis Hamilton, que conquistou o 196° pódio da carreira após o companheiro de equipe George Russell bater na última volta. Além disso, o heptacampeão assumiu a terceira posição do Campeonato de pilotos que é liberado com folga por Max Verstappen.

A próxima parada é em Suzuka, para o GP do Japão. A corrida ocorre na madrugada do sábado para domingo (24), às 2h.

Como foi corrida

O GP de Singapura entregou a melhor corrida do ano. Foram 62 voltas de movimentação, ultrapassagens, bandeiras amarelas e safety car (um deles virtual).

A prova também contou com três abandonos. Yuki Tsunoda deixou a corrida logo no início após um toque com Sergio Pérez. Esteban Ocon vinha fazendo uma boa prova para a Alpine, mas, na parte final, o carro quebrou. Além disso, Valtteri Bottas não completou as 62 voltas.

Destaque para Sainz

Carlos Sainz foi eleito o piloto do dia e não foi para menos. O espanhol fez um final de semana praticamente perfeito. Foi P2 no Treino Livre 1, P1 no TL2 e TL3, conquistou a pole e venceu a corrida.

O piloto da Ferrari fez uma corrida super estratégica, de administração dos pneus e vantagem. Assim, Sainz liderou a prova do início ao fim e apesar da pequena vantagem para os adversários, o espanhol controlou a prova.

Ferrari

A Ferrari acabou atrapalhando um pouco a corrida de Charles Leclerc, que fez uma boa largada e tomou a segunda posição de Russell. Com pneus macios, o monegasco pressionou Sainz em alguns momentos.

No entanto, no primeiro pit stop, que ocorreu após uma batida Logan Sargeant na primeira metade da prova, a equipe Italiana errou no pit de Leclerc e ele caiu para sexto.

Apesar disso, o piloto ferrarista conseguiu se recuperar e voltou para a terceira posição, mas, no final da prova, a Mercedes aproveitou o safety car virtual e parou os dois pilotos, a Ferrari manteve o monegasco na pista. Assim, com pneus melhores, Russell e Hamilton passaram Leclerc com facilidade, e ele acabou a corrida em 4°.

Mercedes no pódio

George Russell acreditava em uma vitória em Singapura após terminar em a classificação em segundo. Contudo, o piloto inglês não fez uma boa largada e perdeu posições para Leclerc e Hamilton – que devolveu depois porque saiu da pista e levou vantagem.

Apesar disso, o inglês conseguiu fazer uma boa prova e no final da corrida, junto com Lewis, conseguiu tirar a vantagem de 12 segundos de Leclerc e os dois ultrapassaram o ferrarista. Após isso, a briga pela segunda posição começou e na última volta, Russell errou e bateu no muro. Hamilton que estava logo atrás ainda tentou alcançar Norris, mas não tinha mais tempo.

Este foi o pódio número 196 de Lewis Hamilton. Recorde absoluto da Fórmula 1.

Final de semana para a RBR esquecer

A Red Bull chegou em Singapura cheia de problemas. Depois de ter vencido todas as corridas até o GP, a equipe chegava como a favorita, inclusive, podendo até ganhar o Campeonato de Pilotos.

Mas, já nos TLs Verstappen mostrou descontentamento com o carro e reclamou bastante. E após largar de 11°, Max teve de fazer uma corrida de recuperação, colocou pneus duros e tentou ficar o máximo de tempo na pista.

O bicampeão até chegou a ficar em segundo, mas precisou parar para trocar os pneus e caiu para a 17° colocação, com Pérez atrás dele.

No fim, Max e Sergio ainda conseguiram escala o pelotão. O holandês terminou em 5° e o mexicano em 8°.

Primeiros pontos

Liam Lawson fez a sua terceira corrida pela AlphaTauri, o neozelandês está no lugar de Daniel Riccardo que se recupera de uma lesão na mão. Muito consistente e com poucos erros. O piloto se classificou em 10° lugar e terminou a a prova na nona colocação, somando os primeiros dois pontos na Fórmula 1.

Veja o resultado da corrida

- Advertisement -
Aila Beatriz Inete
Aila Beatriz Inete
Aila Beatriz Inete é formada em jornalismo pela Universidade Federal do Pará (UFPA). É apaixonada por exportes e tem experiência na cobertura de eventos esportivos no Pará.

Compartilhe

Recentes