Rainha da Suécia apoia candidatura do país para os Jogos de 2026

Data:

Anúncio acontece após a conclusão do Mundial de Ski Alpino, realizado em Are, uma das candidatas para os Jogos de 2026

A proposta sueca de hospedar as Olimpíadas de Inverno de 2026, agora, ganhou uma ajuda importante. A rainha Silvia da Suécia demonstrou apoio à candidatura das cidades de Åre e Estolcomo para os Jogos Olímpicos de 2026, após a conclusão do XLV Campeonato Mundial de Ski Alpino da FIS.

A monarca falou em entrevista à TV4 Suécia, na qual ratificou publicamente seu apoio para sediar os Jogos, em 2026. “Somos veteranos olímpicos, por assim dizer, e é importante mostrar ao mundo o que é a Suécia – especialmente agora que Suécia e Estolcomo querem hospedar as Olimpíadas. É muito importante que vocês apoiem. Seria realmente fantástico receber as Olimpíadas (em nosso país) em 2026”.

- Advertisement -

A rainha e o rei da Suécia desfrutaram do último de dia de competições em Åre, junto com sua filha, princesa Vitória, seu marido, príncipe Daniel, e seus dois filhos, princesa Estelle e príncipe Oscar. Os nobres admitiram que ficaram muito impressionas com disputas e o evento em geral.

“Foi incrível”, acrescentou o rei Carlos XVI Gustavo. “Este é um Campeonato Mundial de altíssimo nível”.

Estocolmo e Åre estão lutando pelos direitos de hospedagem, em 2026, contra Milão e Cortina d’Ampezzo, na Itália, embora as dúvidas sobre o apoio político continuem a ofuscar as duas propostas.

A candidatura sueca enfrentou incertezas depois que, após uma reforma do governo local, em outubro passado, viu o Partido Verde e os partidos da Aliança de centro-direita unirem forças e declararem que a cidade não sediará os Jogos.

O Comitê Olímpico da Suécia (SOK) afirmou, posteriormente, que o Conselho da Cidade de Estocolmo está por trás da candidatura conjunta.

Niklas Carlsson, chefe executivo da Åre=Estocolmo 2026, sugeriu que a proposta seria impulsionada pelo Campeonato Mundial de Esqui Alpino.

- Advertisement -
Gabriel Lima
Gabriel Lima
Gabriel Lima é jornalista, formado pela Universidade Federal do Pará. Já participou da cobertura dos Jogos Olímpicos da Juventude em Buenos Aires, 2018. Na ocasião, esteve responsável pelas notícias e atualizações da ginástica artística.

Compartilhe

Recentes