COB finaliza período de testes nas bases do Time Brasil no Japão

Handebol feminino foi a última das dez equipes que utilizaram, desde 2018, cinco locais de aclimatação para os Jogos Olímpicos de 2020

0

Ota, Japão – Chegou ao fim nesta sexta-feira (29) uma importante fase do planejamento do Comitê Olímpico do Brasil (COB) para os Jogos Olímpicos Tóquio 2020. Depois de dez dias na cidade japonesa de Ota, a seleção brasileira feminina de handebol embarcou para Kumamoto, onde disputará o Campeonato Mundial. A equipe usufruiu de toda estrutura e foi uma das dez que, desde meados de 2018, utilizaram cinco bases do apoio do COB no Japão. Ao todo, 333 atletas e comissões técnicas passaram pelos locais para treinamentos e simulações das operações.

O handebol feminino inaugurou a estrutura do Youth Exchange Center, que foi reformada pela prefeitura de Ota especialmente para receber as equipes do Time Brasil no ano que vem. O local terá importância estratégica no planejamento do COB. Lá funcionará um grande centro de logística da operação. O COB montará ainda um centro médico e fisioterápico no local, que também servirá comida brasileira para todos os atletas que estiverem treinando na região.

Em outra instalação de Ota ocorrerá a operação de montagens de malas e distribuição de uniformes para os atletas. A ação do handebol ocorreu entre 17 e 29 de novembro e, além dos treinamentos na quadra exclusiva de Ota, a seleção brasileira participou da Japan Cup, evento-teste realizado no mesmo ginásio de Tóquio 2020. A equipe participou ainda de uma série de atividades de engajamento com a comunidade local, como visita a uma escola e clínicas para jovens, e realizou um passeio cultural por Tóquio.

Leia também

Comente esta notícia

Seu endereço de email não será publicado.