COI discute a permanência do boxe na Olimpíada de Tóquio 2020

O COI suspendeu as negociações com a AIBA sobre a realização do torneio na Olimpíada de 2020

O Comitê Executivo do Comitê Olímpico Internacional (COI) discutirá, em sua próxima reunião, a questão do boxe na Olimpíada de 2020. A reunião será realizada de 26 a 28 de março, em Lausanne, Suíça.

A questão do status da Associação Internacional de Boxe (AIBA) será debatida no último dia, quando uma comissão especial apresentará um relatório sobre as reformas em curso na organização.

O COI rompeu com a AIBA após problemas financeiros, de governança e ética. Além disso, o COI também se opôs à eleição de Gafur Rakhimov como presidente da entidade, em razão das sanções aplicadas pelo Departamento de Tesouro dos Estados Unidos e por seu possível envolvimento com uma rede criminosa internacional.

No final da semana passada, Rakhimov deixou temporariamente o cargo que exercia na entidade, o que abriu as portas para o diálogo entre os dois órgãos. A escolha do presidente interino será feita em uma reunião extraordinária do Comitê Executivo da organização ainda esta semana.

Além da questão AIBA, O COI deve discutir a proposta francesa de incluir o breakdance na Olimpíada de 2024 e também a eleição da cidade-sede para a Olimpíada de 2026. Esta é a última reunião antes da votação em junho, que deverá escolher entre a proposta sueca de Estocolmo-Åre e a italiana Milão-Cortinna para hospedar os Jogos de Inverno de 2026.

PUBLICIDADE

Últimas notícias

LEIA TAMBÉM