Oito duplas brasileiras disputam em Moscou mais uma etapa da corrida olímpica

Oito duplas brasileiras de vôlei de praia desembarcaram na capital em Moscou, Rússia, para disputar mais uma etapa quatro estrelas do Circuito Mundial da modalidade. São quatro parcerias em cada naipe que brigarão por pontos na corrida olímpica brasileira. As partidas vão de quarta-feira (14) a domingo (18).

O Brasil já tem seis equipes classificadas à fase de grupos pela pontuação no ranking da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e, portanto, só estreiam na próxima quinta-feira. São elas: Alison/Álvaro Filho, André Stein/George e Evandro/Bruno Schmidt, no masculino, e Ana Patrícia/Rebecca, Ágatha/Duda e Carol Solberg/Maria Elisa, no feminino.

Já Guto e Saymon e Talita e Taiana estreiam nesta quarta-feira, precisando de uma vitória para se juntar aos demais times na fase de grupos.

A fase de grupos em Moscou é composta por 32 times em cada naipe, divididos em oito chaves com quatro duplas. Após a disputa da primeira fase, os primeiros colocados vão direto às oitavas de final, enquanto os segundos e terceiros de cada grupo disputam uma rodada eliminatória anterior, da repescagem. O torneio segue em formato eliminatório com oitavas, quartas, semifinais e disputas de bronze e ouro.

A competição em Moscou rende cerca de R$ 78 mil para os campeões dos naipes masculino e feminino. Ao todo, o torneio distribui cerca de R$ 1,2 milhão em premiação aos atletas, além de oferecer pontuação alta para o ranking internacional – 800 para os times vencedores (mesmo número para a corrida olímpica brasileira).

A corrida olímpica interna das duplas brasileiras acontece em paralelo à disputa da vaga do país, que segue as regras da Federação Internacional de Voleibol (FIVB). Cada nação pode ser representada por, no máximo, duas duplas em cada naipe.

Recentes