Em meio à pandemia, COI pediu que centros de treinamentos fossem abertos para não prejudicar a Olimpíada

Data:

Lausanne, Suíça – Diante da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), Thomas Bach, presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), solicitou que os comitês olímpicos nacionais (CONs) abrissem seus centros de treinamentos para que atletas continuassem treinando. A informação foi publicada nesta semana pela Reuters.

O pedido, feito durante teleconferência com representantes dos CONs, seria uma tentativa do COI de garantir que nada atrapalhasse os planos da entidade de realizar os eventos conforme planejados.

- Advertisement -

Alguns dirigentes tentaram explicar a Bach que os atletas não podiam treinar, devido à restrições governamentais e recomendações de órgãos como a Organização Mundial da Saúde (OMS). Porém, ele ignorou.

Bach só admitiu publicamente a possibilidade de adiar o evento no último domingo, quando o COI convocou uma reunião de emergência para tratar do assunto. Dois dias depois, o óbvio foi, enfim, confirmado: Jogos Olímpicos e Paralímpicos serão realizados em 2021.

As novas datas das competições ainda serão discutidas e decididas ema té três semanas, segundo informou a entidade na última sexta-feira (27).

- Advertisement -
Gabriel Lima
Gabriel Lima
Gabriel Lima é jornalista, formado pela Universidade Federal do Pará. Já participou da cobertura dos Jogos Olímpicos da Juventude em Buenos Aires, 2018. Na ocasião, esteve responsável pelas notícias e atualizações da ginástica artística.

Compartilhe

Recentes