Now Reading
Tóquio 2020 identifica fraude na venda de ingressos




Tóquio 2020 identifica fraude na venda de ingressos

Tóquio 2020 identifica fraude na venda de ingressos

O comitê organizador das Olimpíadas e Paralimpíadas de Tóquio 2020 encontrou uma fraude na venda de ingressos para os eventos. Nesta sexta-feira (27), os organizadores revelaram que cerca de 6,9 mil ingressos foram comprados com informações falsas.

Cerca de 30 mil perfis criados para concorrer ao direito de compra dos bilhetes usaram informações falsas, segundo a Kyodo News. Deste total, 1,2 mil ganharam a licitação e puderam adquirir os tickets para as competições na capital japonesa.

O valor total das entradas é de cerca de 180 milhões de ienes (R$ 6,9 milhões). Os ingressos serão invalidados e não serão reembolsados ​​devido à compra fraudulenta.

A comissão de Tóquio 2020 acredita que um grupo específico orquestrou o plano para garantir os ingressos. O caso já foi repassado para as autoridades policiais do Governo Metropolitano de Tóquio.

Para comprar os ingressos, os residentes japoneses precisavam criar um perfil com um nome e um endereço válidos no site oficial do evento. Mais de 7,7 milhões de perfis foram criados e, aproximadamente, 3,2 milhões de ingressos foram vendidos na primeira fase, em maio.

Em agosto passado, uma segunda loteria foi lançada para os moradores japoneses que ficaram sem ingressos na rodada inicial. Nesta segunda oportunidade, foram comprados mais de 350 mil dos 680 mil bilhetes disponíveis.

Venda de ingressos no Brasil

No Brasil, a comercialização dos ingressos para os Jogos Olímpicos de 2020 é realizada pela Match Hospitality, empresa suíça selecionada pelo COB para o trabalho. Ainda há tickets disponíveis.

View Comments (0)

Leave a Reply

Your email address will not be published.

© 2018-2020 Agência Olímpica.