Guilherme Guido bate a própria marca e vai à semi dos 100 m costas em Gwangju

Paulista de Limeira, o nadador Guilherme Guido, 32 anos, foi o destaque brasileiro no segundo dia das eliminatórias da natação no Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos de Gwangju. As provas foram disputadas na manhã desta segunda-feira (22) na Coreia do Sul e Guido conquistou vaga na semifinal dos 100 m costas com o tempo de 52s95, estabelecendo um novo recorde sul-americano. Ele superou a própria marca, que era de 53s09.

“Estou tentando nadar para esses 52 segundos já faz alguns anos. Não sei exatamente, mas devo ter nadado umas 50 vezes para 53 segundos”, lembrou Guido.

Guilherme avançou às semifinais com o segundo melhor tempo das eliminatórias, atrás apenas do chinês Jiayu Xu, que nadou a distância em 52s85. Guilherme e Xu foram os únicos entre os 63 atletas que disputaram as eliminatórias dos 100m costas a nadar na casa dos 52 segundos. O resultado animou o brasileiro para lutar por uma vaga na final. As semifinais serão disputadas na manhã desta segunda-feira no Brasil.

“Estou com a expectativa muito alta. Essa prova foi boa, eu me saí bem, virei bem, então não tenho muito o que melhorar nos fundamentos. Acredito que repetindo esse tempo eu consigo uma boa vaga na final. Aí, na final, são só os oito. Se eu conseguir melhorar um pouco a gente vai tentar brigar pela medalha. Mas gosto de dar um passo de cada vez”, disse o brasileiro.

As eliminatórias dos 100m costas foram marcadas por um momento inusitado na piscina da Nambu University. Por um problema na saída da última série, o italiano Simone Sabbione acabou tendo que repetir a prova. O detalhe foi que, ao fim da série ele voltou à piscina e nadou sozinho. Incentivado pela torcida, Sabbione terminou com o tempo 53s85 e se classificou para a semifinal, disputadas por 16 atletas, com o 13º melhor tempo.

Nicholas Santos na final

Nicholas Santos é esperança de medalha para o Brasil nesta segunda-feira em Gwangju. Foto: Satiro Sodré/rededoesporte.gov.br Guilherme Guido bate a própria marca e vai à semi dos 100 m costas em Gwangju
Nicholas Santos. 50m borboleta. Campeonato Mundial dos Esportes Aquáticos. 21 de Julho de 2019, Gwangju, Coreia do Sul. Foto: Satiro Sodré/rededoesporte.gov.br

Na rodada da noite desta segunda-feira em Gwangju, as atenções do Brasil estarão voltadas principalmente para Nicholas Santos, que disputa a final dos 50m borboleta às 20h47, no horário local, 8h47 da manhã de hoje, 22.

Na semifinal, Nicholas, 39 anos e prata nesta prova nos Mundiais de Kazan 2015 e Budapeste 2017, avançou à final com o segundo melhor tempo (22s77), atrás apenas do norte-americano Caeleb Dressel, que foi o mais rápido com o novo recorde do campeonato (22s57).

“Meu objetivo é nadar abaixo dos 22 segundos e 4, independentemente do que o Dressel fez ou vai fazer na final aqui. A gente vai estar lado a lado ali para saber quem é o mais rápido. Então, temos que esperar”, disse Nicholas.

Comentários (0)

Leave a Reply

© 2018-2020 Agência Olímpica.

Rolar para cima