Bruno Fratus conquista o bronze nos 50m livre em Tóquio 2020

Tóquio, Japão –  O Brasil conquistou na noite deste sábado (31), sua décima medalha nas Olimpíadas de Tóquio. O bronze do nadador Bruno Fratus, nos 50m livre, foi o responsável pelo feito atingido pelo país na terra do sol nascente.

Depois de chegar na final em 2012 e em 2016 e não conseguir ficar entre os três melhores, o nadador finalmente conseguiu a tão buscada medalha olímpica. Em Tóquio, conquistou o bronze que fez o Brasil igualar o desempenho em Londres, com dois pódios na natação.

Com a marca de 21s57, o velocista melhorou sua marca em relação aos 21s67 das quartas e os 21s60 da semifinal. Completando o pódio, estiveram o norte-americano Caeleb Dressel, que confirmou o favoritismo e levou o ouro batendo 21s07 — ultrapassando o recorde olímpico de César Cielo —, e o francês Florent Manaudou, que levou a prata.

Essa foi a 16ª conquista do Brasil na natação em todas as edições dos Jogos Olímpicos, e a segunda em Tóquio. A primeira nessas Olimpíadas foi conquistada por Fernando Scheffer, nos 200m livres.

Recentes