Artigo atual
Fernando Reis lidera o quinteto brasileiro no levantamento de peso em Lima




Fernando Reis lidera o quinteto brasileiro no levantamento de peso em Lima

Fernando Reis lidera o quinteto brasileiro no levantamento de peso em Lima

O levantamento de pesos do Brasil chega aos Jogos Pan-Americanos de Lima liderado por Fernando Reis Saraiva. Maior atleta brasileiro da modalidade em todos os tempos, o paulista de 29 anos busca o tricampeonato da competição para manter o domínio no continente e, mais do que isso, quebrar suas próprias marcas pessoais para chegar à tão sonhada medalha em Tóquio 2020.

A modalidade estreia no Pan neste sábado, 27. A única brasileira em ação será Nathasha Figueiredo, na categoria até 49kg. A carioca de 23 anos e 1,51m é bicampeã sul-americana (2014 e 2019). Além dela e de Fernando, completam a equipe Jaqueline Ferreira, Marco Túlio e o albanês naturalizado brasileiro Serafim Veli.

Fernando é um dos favoritos ao ouro em Lima e procura fazer do fato uma motivação para ratificar a posição. “É uma responsabilidade positiva. O Pan é um campeonato importante e chegando como campeão, quero defender o título. Me sinto honrado e contente em participar de mais uma edição da competição. Vim aqui para ganhar”, afirmou o atleta.

A evolução de Fernando em Pans chama a atenção. Se na estreia, em 2007, no Rio de Janeiro, aos 17 anos, ficou na última colocação, quatro anos depois, em Guadalajara, foi campeão quebrando todos os recordes. A hegemonia foi mantida em Toronto, no auge da carreira. A medalha olímpica parece próxima para o brasileiro. Quinto colocado nos Jogos Rio 2016, Fernando tem na mente o que precisa fazer para chegar ao pódio. Para ele, pequenos detalhes o separam de uma medalha em Tóquio.

“A medalha está tão perto. Tanto a mundial quanto a olímpica. Cada vez estamos galgando mais esse espaço. Falta encaixar o momento, mas tenho certeza de que a gente vai pegar. Estamos tentando quebrar os limites do corpo humano e estou lidando com isso da melhor maneira possível. Ainda não tive o momento de chegar 100% nessas competições”, afirma Fernando, que passou recentemente por uma cirurgia no joelho.

“Esses são os primeiros Jogos Pan-Americanos da minha vida de atleta. É uma etapa importante antes de Tóquio 2020. A expectativa é muito boa e vou para buscar a medalha.Eu me sinto orgulhoso de representar o Brasil, país que me abriu os braços e me recebeu bem”, projetou Veli, de 33 anos, que é casado com uma brasileira e está no país desde 2015.

Comentários (0)

Leave a Reply

Your email address will not be published.

© 2018-2020 Agência Olímpica.