Rebeca Andrade a um pódio de novo feito histórico em Mundiais de ginástica artística

Data:

A brasileira Rebeca Andrade está perto de atingir mais um incrível feito em Mundiais de ginástica artística. Se conquistar uma medalha na final da trave amanhã (7), ela será uma das poucas ginastas com medalhas em todos os eventos da modalidade.

Campeã do individual geral (2022) e do salto (2021, 2023), Rebeca foi medalhista de prata por equipes (2023) e nas barras assimétricas (2021), além de bronze no solo (2022).

- Advertisement -

Entre as ginastas com medalhas em todos os aparelhos em Campeonatos Mundiais de ginástica artística, destacam-se Simone Biles (EUA), Aliya Mustafina (RUS) e Svetlana Khorkina (RUS).

Assim como na final do salto sobre a mesa, na qual conquistou a medalha de ouro neste sábado, Rebeca será a última a competir na final da trave.

Rebeca Andrade vai disputar a final do solo

Além da final da trave, Rebeca também vai competir na final do solo, com chances reais de medalhas nas duas provas. Flavia Saraiva, que falhou no solo na final individual geral, também vai disputar a decisão do aparelho mais famoso da ginástica artística.

- Advertisement -
Gabriel Lima
Gabriel Lima
Gabriel Lima é jornalista, formado pela Universidade Federal do Pará. Já participou da cobertura dos Jogos Olímpicos da Juventude em Buenos Aires, 2018. Na ocasião, esteve responsável pelas notícias e atualizações da ginástica artística.

Compartilhe

Recentes