Ginástica de trampolim do Brasil é bronze em Baku

A dupla brasileira de ginástica de trampolim Camilla Gomes e Alice Gomes conquistaram o bronze na Copa do Mundo de Ginástica de Trampolim.

Com exceção da ‘dificuldade’, o Brasil recebeu as melhores notas da arbitragem em todos os demais quesitos

A dupla brasileira de ginástica de trampolim Camilla Gomes e Alice Hellen Gomes conquistaram a medalha de bronze na Copa do Mundo de Ginástica de Trampolim, em Baku, Azerbaijão, na manhã deste domingo (17).

O time 1 da Bielorrússia e o time 2 da Austrália conquistaram, respectivamente, o ouro e a prata na final feminina de trampolim sincronizado.

Na classificação, as brasileiras obtiveram a nona melhor nota, mas entraram na final, porque a seleção bielorrussa colocou duas duplas entre as oito melhores e, pelas regras da Federação Internacional (FIG), apenas uma dupla por país é permitida.

Na final, as brasileiras foram a primeira dupla a competir e conquistaram 46.790 pontos, que logo em seguida foi superado pelos 46.950 das australianas e, posteriormente, pelos 47.420 das bielorrussas.

O Brasil recebeu as melhores notas em todos os quesitos da arbitragem, com exceção da dificuldade. O país tinha a prova com o menor valor de dificuldade entre as medalhistas (10.7 contra 12.1 das bielorrussas e 13.10 das australianas).

Este é um resultado importante para o time do Brasil, já que as etapas de copas do mundo da FIG agora valem pontos para o ranking que dará vagas aos melhores nos Jogos Olímpicos de Tóquio, ano que vem.

Os resultados da competição podem ser acessados na página da Federação Azeri de Ginástica na internet.

Comentários (0)

Leave a Reply

Your email address will not be published.

© 2018-2021 Agência Olímpica.

Rolar para cima