Ginástica de trampolim do Brasil é bronze em Baku

Data:

Com exceção da ‘dificuldade’, o Brasil recebeu as melhores notas da arbitragem em todos os demais quesitos

A dupla brasileira de ginástica de trampolim Camilla Gomes e Alice Hellen Gomes conquistaram a medalha de bronze na Copa do Mundo de Ginástica de Trampolim, em Baku, Azerbaijão, na manhã deste domingo (17).

O time 1 da Bielorrússia e o time 2 da Austrália conquistaram, respectivamente, o ouro e a prata na final feminina de trampolim sincronizado.

- Advertisement -

Na classificação, as brasileiras obtiveram a nona melhor nota, mas entraram na final, porque a seleção bielorrussa colocou duas duplas entre as oito melhores e, pelas regras da Federação Internacional (FIG), apenas uma dupla por país é permitida.

Na final, as brasileiras foram a primeira dupla a competir e conquistaram 46.790 pontos, que logo em seguida foi superado pelos 46.950 das australianas e, posteriormente, pelos 47.420 das bielorrussas.

O Brasil recebeu as melhores notas em todos os quesitos da arbitragem, com exceção da dificuldade. O país tinha a prova com o menor valor de dificuldade entre as medalhistas (10.7 contra 12.1 das bielorrussas e 13.10 das australianas).

Este é um resultado importante para o time do Brasil, já que as etapas de copas do mundo da FIG agora valem pontos para o ranking que dará vagas aos melhores nos Jogos Olímpicos de Tóquio, ano que vem.

Os resultados da competição podem ser acessados na página da Federação Azeri de Ginástica na internet.

- Advertisement -
Gabriel Lima
Gabriel Lima
Gabriel Lima é jornalista, formado pela Universidade Federal do Pará. Já participou da cobertura dos Jogos Olímpicos da Juventude em Buenos Aires, 2018. Na ocasião, esteve responsável pelas notícias e atualizações da ginástica artística.

Compartilhe

Recentes