Ex campeão mundial de patinação, Javier Fernández anuncia aposentadoria

O espanhol, bicampeão mundial, anunciou que se aposentará em janeiro.

Javier Fernández, 27, anunciou que deixará as competições definitivamente após a próxima edição do Campeonato Europeu de Patinação Artística, que acontecerá entre os dias 21 e 27 de janeiro de 2019 em Minsk, Bielorússia. Fernández é o atleta espanhol mais bem sucedido na modalidade, tendo sido o primeiro a conquistar uma medalha em Jogos Olímpicos.

Em entrevista, Javier afirmou que “vai parar de competir, mas não de patinar” e que pretende “contribuir com o esporte, não como competidor mas como uma pessoa dedicada a modalidade”. Ele deixa o esporte com um total de 9 medalhas conquistadas nas principais competições da patinação no gelo: seis ouros em Campeonatos Europeus, dois títulos mundiais e um bronze nos Jogos Olímpicos de Pyeongchang, 2018. Esse número pode ainda aumentar, caso ele conquiste uma medalha em Minsk.

Nascido em 15 abril de 1991, o madrilenho iniciou no esporte com apenas seis anos, após passar pelo futebol, tênis e hóquei no gelo. Sua primeira participação em um campeonato continental aconteceu na temporada de 2006-2007, na edição de Varsóvia da competição. Javier terminou em 28º. Naquele mesmo, ele participou do Campeonato mundial, no qual terminou em 35º posição. Nos anos seguintes, seu desempenho foi melhorando até que, em 2012, conquistou o primeiro grande título de sua carreira: o ouro no europeu de Sheffield. Meses depois, mais experiente, Javier disputou os Jogos Olímpicos de inverno pela segunda vez. Na ocasião, terminou em quarto liugar, perdendo a medalha de bronze para o cazaque Denis Ten.

A tão desejada medalha olímpica só veio em 2018, em PyeongChang, Coréia do Sul. Javier ficou em terceiro lugar, sendo superado pelos japoneses Yuzuru Hanyu e Shoma Uno, respectivamente, ouro e prata.

 

Recentes