Now Reading
Javier Fernández conquista hepta europeu e dá adeus à patinação




Javier Fernández conquista hepta europeu e dá adeus à patinação

Javier Fernández conquista sua última medalha de ouro em Campeonato Europeu

“É muito difícil competir depois de uma longa pausa, como a que fiz após as Olimpíadas de 2018”

O espanhol Javier Fernández encerrou sua ilustre carreira na patinação artística, ao conquistar seu sétimo título europeu consecutivo, neste sábado (26), depois que o russo Mikhail Kolyada, que liderou o programa curto, errou praticamente toda sua série do programa livre.

Fernández estava em terceiro depois do curto programa de quinta-feira, mas assumiu a liderança com dois saltos quádruplos e 179,75 pontos no livre, totalizando 271,59.

Enquanto se preparava para sua despedida das competições, Javier mal competiu ou treinou desde que conquistou o bronze nas Olimpíadas do ano passado, Pyeongchang 2018.

“É muito difícil competir depois de uma longa pauusa, como a que fiz após as Olimpíadas de 2018. Isso é bastante complicado. E, sabendo que está seria minha última competição, foi bastante difícil vencer aqui”, disse.

Fernandez, sozinho, elevou o nível da patinação artística na Espanha, ao longo de 13 anos em grandes campeonatos. Antes de sua estréia olímpica em Vancouver, em 2010, a Espanha não havia sequer enviado um patinador masculino aos Jogos em 54 anos. Ele se aposenta como uma celebridade nacional com dois títulos mundiais e uma série de medalhas consecutivas de ouro na Europa desde os anos 1930.

Alexander Samarin, da Rússia, ficou em segundo lugar com 269.84, depois de algumas aterragens instáveis. O italiano Matteo Rizzo saltou do 10º lugar, depois do curto programa, para o terceiro posto, com 247,08, garantindo a primeira medalha masculina do país em 10 anos.

O líder do short program, Kolyada, caiu três vezes neste sábado e pareceu ferir seu pulso. Ele ficou em quinto lugar, com 240.87. Foi a segunda vez, em dois dias, que os líderes da primeira etapa do torneio não mantiveram a liderança após o livre. Alina Zagitova, campeã europeia em 2018, que liderava a competição do curto, ficou com a medalha de prata, após errar e ser superar por sua compatriota Sofia Samodurova.

Javier Fernández anunciou a aposentadoria no final de novembro e afirmou, na ocasião, que ainda presente contribuir com o esporte, mesmo que não seja patinando.

View Comments (0)

Leave a Reply

Your email address will not be published.

© 2018-2020 Agência Olímpica.