Virginie Faivre é a presidente do comitê de Lausanne 2020

Data:

Ex-campeã mundial de esqui estilo livre, a suíça Virginie Faivre foi escolhida para presidir o comitê organizador da terceira edição dos Jogos Olímpicos de Inverno da Juventude, Lausanne 2020.

Nascida em Lausanne, Virginie Faivre tem uma longa carreira como esquiadora de elite no freestyle. Três vezes campeã mundial da FIS (Federação Internacional de Esqui) em halfpipe (2009, 2013 e 2015) e três vezes vencedora do Crystal Globe na disciplina (2008, 2009, 2013), ela traz para o Comitê Organizador sua experiência em grandes eventos internacionais de esportes de inverno, como os Jogos Olímpicos de Sochi em 2014.

“É uma grande honra, claro, mas acima de tudo uma grande alegria para mim participar da organização deste grande evento, que é muito querido para mim”, disse Faivre. “Eu tenho feito parte desde o início, em 2013. Nossa vitória na sessão do COI em Kuala Lumpur em 2015 foi um dos destaques da minha carreira. Sinto uma emoção semelhante hoje.”

- Advertisement -

A nova presidente assumirá as rédeas do Comitê Organizador em 7 de janeiro de 2019 e sucederá o membro do COI, Patrick Baumann, que morreu repentinamente em outubro passado em Buenos Aires (ARG) enquanto participava da terceira edição dos Jogos Olímpicos de Verão Juventude.

“Juntamente com Patrick, ajudei a estabelecer as bases do projeto durante a fase de candidatura. Nos últimos quatro anos, juntamente com o Comitê Organizador, liderado por Ian Logan, ele fez um trabalho extraordinário. Estou ansioso para continuar este trabalho com a equipe, trazendo minha própria sensibilidade, experiência esportiva e conhecimento de esportes de inverno”, disse Faivre.

“No meu papel na Fondation de l’Aide Sportive Suisse (Fundação Esporte Suíça), acompanho de perto os desafios do desenvolvimento de esportes juvenis no país. Ainda há muito a ser feito e Lausanne 2020 pode ser um verdadeiro catalisador neste campo”, acrescentou. “Além da competição, o objetivo dos Jogos Olímpicos da Juventude é também transmitir habilidades para a nova geração. Estes Jogos devem criar vocações e um espírito de empreendedorismo entre os jovens. Tudo isso serve como uma motivação especial para mim “.

A informmação foi publicada no site oficial do evento em 4 de janeiro.

- Advertisement -
Gabriel Lima
Gabriel Lima
Gabriel Lima é jornalista, formado pela Universidade Federal do Pará. Já participou da cobertura dos Jogos Olímpicos da Juventude em Buenos Aires, 2018. Na ocasião, esteve responsável pelas notícias e atualizações da ginástica artística.

Compartilhe

Recentes