Brasil foi o quarto país com mais casos de doping em 2017

Data:

Montreal, Canadá – A Agência Mundial Antidoping (WADA) divulgou na semana passada um relatório detalhado sobre as operações antidoping realizadas pela entidade em 2017. No documento, disponível em PDF no site da Wada, a agência destaca que foram registradas 1804 violações de regras antidoping, envolvendo atletas de 114 países e 93 esportes.

Entre as nações com o maior número de casos, o Brasil aparece em quarto lugar, com 84. A Itália encabeça a lista, com 171 infrações; a França é o segunda (128) e os Estados Unidos a terceira (103). Completam o top 5 a Rússia (82) e a China (62).

- Advertisement -

Entre os esportes olímpicos, o atletismo (242), o ciclismo (218) e o levantamento de peso (123) foram os recordistas de casos.

Do total de violações registradas naquele ano, 345 foram oriundas de análises não analíticas, quando a infração é descoberta após investigação substanciada por outras evidências que não uma amostra positiva.

Olivier Niggli, diretor geral da Wada, afirmou: “Continuamos a ver o impacto dos testes baseados em inteligência, uma área de crescente foco para a agência à medida que fortalecemos nossas investigações e capacidade de coleta de inteligência”.

“De fato, o número de infrações como resultado de violações não analíticas aumentou cerca de 28% entre 2016 e 2017”, completou.

- Advertisement -
Gabriel Lima
Gabriel Lima
Gabriel Lima é jornalista, formado pela Universidade Federal do Pará. Já participou da cobertura dos Jogos Olímpicos da Juventude em Buenos Aires, 2018. Na ocasião, esteve responsável pelas notícias e atualizações da ginástica artística.

Compartilhe

Recentes