Artigo atual
Chinesa campeã olímpica na Rio 2016 é suspensa quatro anos por doping

Chinesa campeã olímpica na Rio 2016 é suspensa quatro anos por doping

Yang Fangxu, membro da seleção chinesa feminina de vôlei campeã olímpica na Rio 2016, foi suspensa pela Agência Antidoping da China (Chinada) depois de testar positivo para eritropoietina. U

Yang Fangxu, membro da seleção chinesa feminina de vôlei campeã olímpica na Rio 2016, foi suspensa pela Agência Antidoping da China (Chinada) depois de testar positivo para eritropoietina. Um teste fora de competição, realizado em 11 de agosto do ano passado, revelou a presensa da substância.

A atleta de 24 anos recebeu quatro anos de suspensão. Com a sanção, Yang não participará dos Jogos Olímpicos de Tóquio, onde a seleção chinesa tentará defender o título conquistado sobre a Sérvia há três anos. No caminho até o ouro, as chinesas eliminaram o Brasil por 3 a 2 nas quartas do torneio.

A jogadora não participa de uma comptição internacional desde que falhou no teste antidoping. Ano passado, ela foi removida da equipe que disputou os Jogos Asiáticos em Jacarta. A china alegou lesão.

A Chinada também baniu o jogador de hóquei no gelo Li Jiaxin por um ano depois de testar positivo para a hidroclorotiazida, um diurético proibido.

Comentários (0)

Leave a Reply

Your email address will not be published.

© 2018-2020 Agência Olímpica.