Boxe brasileiro vai à final em campeonato na Rússia

As finais acontecem na manhã deste sábado (11), a partir das 9h de Brasília

O boxe do Brasil disputará duas finais em sua primeira participação no St. Petesburg Governor Cup 2019, realizado na Rússia. Foi um caminho difícil, com três adversários superados pelos brasileiros Abner Teixeira (91kg) e Luiz Fernando (69kg) até chegarem à decisão de suas respectivas categorias.

Luiz enfrentou dois atletas da Rússia e um de Cuba, que são donos de uma incontestável tradição no Boxe mundial. Abner enfrentou grandes atletas do leste europeu para alcançar a final. Encarou Azerbaijão, Uzbequistão e Rússia. A quarta e última luta dos brasileiros acontecerá neste sábado.

Semifinais

Luiz Fernando começou o combate em ritmo forte contra o cubano Kevin Bazain. Durante o primeiro round, Luiz encaixou um forte cruzado que ocasionou um sangramento em um corte que o cubano sofreu no combate anterior. No intervalo, os treinadores cubanos decidiram abandonar a luta por conta do sangramento. Luiz, portanto, venceu por W.O.

Abner Teixeira dominou amplamente o combate contra Rahil Mammadli, do Azerbaijão. Seguro no controle da distância e movimentação no ringue, Mammadli tentou encurtar a distância mas não conseguiu ser efetivo. Abner ganhou com tranquilidade por 5:0.

Finais deste sábado

Na luta pelo ouro, Luiz encara Ikboljon Kholdarov, do Uzbequistão.

Hebert Souza teve uma luta de muito estudo e técnica contra o russo Grigotyi Kavtaradze, que acabou encaixando melhor o seu jogo, vencendo por 5:0.

De todas as Américas, apenas Brasil, México e Cuba estão neste evento que reuniu um total de 16 países. Pela primeira vez, o Brasil, único representante da América do Sul, participará de duas finais. Cuba também disputará dois ouros e o México não conquistou medalhas.

As lutas estão sendo transmitidas ao vivo por este link, a partir das 9h do horário brasileiro.

Participam da competição: Mongólia, Cuba, Bielorrússia, Estônia, Uzbequistão, Escócia, Azerbaijão, Rússia, Tajiquistão, Brasil, Armênia, México, Moldávia, Cazaquistão, Ilhas Maurício e Suécia.

PUBLICIDADE

Últimas notícias

LEIA TAMBÉM