Atletismo: revezamentos do Brasil fazem competição nos EUA

Atletismo: revezamentos do Brasil fazem competição treino nos EUA

Os times do 4×100 m masculino e feminino competiram neste sábado (27) em Irvine, Califórnia

O revezamento 4×100 m masculino do Brasil, com Rodrigo Nascimento, Jorge Vides, Derick Silva e Paulo André Camilo fez 39.00 e venceu a prova no Steve Scott Invitational, na UC Irvine, na Califórnia, Estados Unidos, neste sábado (27). Três equipes brasileiras – 4×100 m, feminino e masculino, e 4×400 m misto – estão treinando em Chula Vista, em San Diego, para o Mundial de Revezamentos de Yokohama, no Japão, dias 11 e 12 de maio.

Na disputa individual dos 100 m (1,2 m/s) os brasileiros ficaram com as três primeiras posições na competição universitária de preparação ao Mundial – Paulo André correu a distância em 10.20, Rodrigo Nascimento em 10.39 e Jorge Vides em 10.45.

“O nosso objetivo é buscar a classificação antecipada para o Mundial de Doha no Japão. Precisamos terminar a final do Mundial de Revezamentos entre os oito. Aí é botar a cabeça no travesseiro e pensar só no Catar”, afirmou o técnico Felipe de Siqueira da Silva, do 4×100 m masculino.

Se não conseguir a qualificação agora o Brasil terá até o dia 6 de setembro para fazer um resultado que coloque a equipe entre as 16 melhores do mundo.

O revezamento 4×100 m feminino também venceu o Steve Scott Invitational com Andressa Fidélis, Lorraine Martins, Franciela Krazucki e Ana Carolina Azevedo em 44.69. Nos 100 m individual a mais rápida da competição foi Vitória Rosa, com 11.20 (1,4). Destiny Smith Barnett, da Wade Elite, foi segunda colocada (11.28) e Mikia Brisco, HS Internacional, em terceiro (11.38).

Lucas Carvalho ganhou os 400 m (46,41), seguido pelo belga Dylan Borlee (46.49) e o também brasileiro Alexander Russo ficou com a terceira posição (47.01).

Geisa Coutinho foi segunda colocada nos 400 m feminino (52.75), vencido por Gia Trevisan (52.74), com Camile Laus, Team JB, em terceiro (53.25).

Após o Camping de Treinamento e Competição em Chula Vista, em San Diego, nos Estados Unidos, que durou 15 dias, a equipe segue para aclimatação na cidade de Saitama, no Japão, por mais 10 dias, nesta segunda-feira (dia 29/4). A delegação utilizará as mesmas dependências em que o Time Brasil ficará para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020.

A decisão de participar do Mundial com as três equipes foi tomada pelo Comitê Técnico da CBAt, mediante as possibilidades de classificação dos grupos. A inclusão do 4×400 m misto foi tomada porque a prova agora é olímpica e o Brasil pode ter uma forte equipe.

Comentários (0)

Leave a Reply

Your email address will not be published.

© 2018-2021 Agência Olímpica.

Rolar para cima