Bicampeão olímpico do decatlo, Ashton Eaton engrossa o coro pelo adiamento da Olimpíada

Oregon, EUA – Pouco a pouco, os comitês olímpicos nacionais, atletas e algumas confederações esportivas começam a manifestar sua insatisfação pela manutenção dos Jogos Olímpicos de Tóquio para julho deste ano. O atual bicampeão olímpico do decatlo, Ashton Eaton, foi um dos que usou as redes sociais para expressar sua opinião e pedir o adiamento da Olimpíada.

No Twitter, o atleta de 32 anos e ex-recordista mundial da modalidade disse que “nada além de Tóquio 2021 faz sentido”.

“Qualquer outra coisa é socialmente irresponsável. Como o COI (Comitê Olímpico Internacional) e o JOC (Comitê Olímpico Japonês), em sã consciência, podem querer realizar uma das maiores e mais importantes reuniões globais, correndo o risco de acelerar o contágio global (de coronavírus) e ter o pior evento da história?”, completou em um segundo tweet.

O posicionamento de Eaton recebeu o apoio das duas principais confederações esportivas dos Estados Unidos. Ontem (20), a USA Swimming, órgão que regula a natação estadunidense, publicou um comunicando pedindo que o Comitê Olímpico e Paralímpico do país (USOPC) advogue, junto ao COI, pela mudança dos Jogos. Hoje (21), foi a vez da USA Track & Field, confederação de atletismo, se manifestar em defesa da mudança de data.

“Pedimos ao USOC, como líder dentro do Movimento Olímpico, que use sua voz e fale pelos atletas”, diz o documento.

Caso não haja mudança no cronograma dos Jogos Olímpicos de Tóquio, a competição será aberta em 24 de julho deste ano. O encerramento está agendado para ocorrer no dia 9 de agosto.

Comentários (0)

Leave a Reply

Your email address will not be published.

© 2018-2020 Agência Olímpica.