Artigo atual
Advogado de Lula vai defender Lamine Diack em caso de corrupção na Rio 2016

Advogado de Lula vai defender Lamine Diack em caso de corrupção na Rio 2016

Advogado de Lula vai defender Lamine Diack em caso de corrupção na Rio 2016

O ex-presidente da Associação Internacional de Federações de Atletismo (Iaaf), o senegalês Lamine Diack, acusado de operar um esquema de compra e venda de votos para trazer à Olimpíada ao Rio de Janeiro, constituiu como seu advogado Cristiano Zanin Martins, responsável pela defesa do ex-presidente Lula na Lava-Jato.

Lamine, que presidiu o órgão máximo do atletismo entre 1999 e 2015, é um dos investigados na ação que corre na 7ª Vara Federal Criminal, do juiz Marcelo Bretas, que apura os casos de corrupção nos Jogos Olímpicos do Rio.

Na última terça-feira (8), o advogado solicitou a íntegra do processo e de ouros relacionados ao senegalês para apresentar sua defesa. Até ontem, Lamine não havia se manifestado na ação.

O caso

Em julho, o ex-governador do Rio de Janeiro, Sério Cabral, admitiu pela primeira vez que o Rio de Janeiro foi eleito com compra de votos.

Em depoimento ao juíz Marcelo Bretas, responsável pelas investigações da Lava Jato no estado do Rio de Janeiro, Cabral admitiu a compra de votos e afirmou ainda que atuou diretamente nas negociações.

Ainda segundo o ex-governador, nove dos 95 delegados votantes foram comprados por US$ 2 milhões. Os pagamentos foram feitos em 2008 ao então presidente da Iaaf, Lamine Diack, responsável por repassar o dinheiro aos membros comprados.

Comentários (0)

Leave a Reply

Your email address will not be published.

© 2018-2020 Agência Olímpica.