Artigo atual
Marcus D’Almeida é prata no tiro com arco em Lima e classifica o Brasil para Tóquio




Marcus D’Almeida é prata no tiro com arco em Lima e classifica o Brasil para Tóquio

O brasileiro Marcus D’Almeida conquistou a medalha de prata, neste domingo (11), no arco recurvo, nos Jogos Pan-americanos de Lima.

O brasileiro Marcus D’Almeida conquistou a medalha de prata, neste domingo (11), no arco recurvo, nos Jogos Pan-americanos de Lima. O resultado inédito classificou o Brasil para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Até a competição na capital do Peru, o país havia faturado cinco medalhas de bronze no tiro com arco na história do evento.

A princípio, a vaga olímpica iria apenas para os países campeões das disputas por equipe mista e individual masculino e feminino, todas no arco recurvo. Mas, como os Estados Unidos venceram a competição por equipe mista, e Brady Elllison já estava classificado, abriu-se a vaga para o país vice-campeão dos Jogos Pan-americanos no individual.

“Sinto que o ouro não veio por muito pouco. Vim para essa competição com dois objetivos: bater o recorde brasileiro e conquistar a vaga olímpica. Consegui ambos. E ainda veio essa medalha de prata inédita. Estou muito feliz em estar escrevendo essa história”, afirmou Marcus Vinicius.

Neste domingo, no Complexo Esportivo da Vila Maria do Triunfo, Marcus Vinicius disputou a semifinal individual do arco recurvo contra o compatriota Bernardo Oliveira. O medalhista de prata nos Jogos Olímpicos da Juventude Nanquim 2014 venceu por 7 a 3. Na final, Marcus enfrentou o canadense Crispin Duenas. O duelo foi equilibrado, mas o brasileiro acabou derrotado por 6 a 4.

Na disputa pelo bronze, Bernardo foi derrotado por outro canadense, Eric Peters, por 7 a 1. Na competição de arco recurvo feminino por equipes, o Brasil também disputou o bronze neste domingo. Mas acabou superado pela Colômbia, por 5 a 1. O país foi representado por Ane Marcelle dos Santos, Graziela dos Santos e Ana Luiza Caetano.

Comentários (0)

Leave a Reply

Your email address will not be published.

© 2018-2020 Agência Olímpica.