Pentatletas brasileiros disputam a terceira etapa da Copa do Mundo na Bulgária

  • Isabela Abreu, Danilo Fagundes e Felipe Nascimento, competem o torneio de olhos nos pontos para o ranking dos Jogos de Tóquio

Sofia, Bulgária – A Bulgária sedia, a partir desta quinta-feira, 15, mais uma etapa da Copa do Mundo de Pentatlo Moderno. Na última semana, o país europeu realizou a segunda qualificatória do torneio. Assim como na disputa anterior, a nova competição acontece na capital Sofia e terá a presença dos brasileiros Isabela Abreu, 25, Danilo Fagundes, 33, e Felipe Nascimento, 27.

A teceira etapa da Copa do Mundo na Bulgária vai até domingo, 18. Repetindo o sucesso anterior, a competição terá cerca de 200 pentatletas de aproximadamente 40 países. A última disputa reuniu 191 pentatletas de 39 países.

“Vi que tem muito atleta que optou por uma etapa ou outra. Como a gente não tem esse ‘luxo’, acaba tendo que fazer as duas provas e desempenhar ao máximo em ambas, mesmo sendo muito próximo”, conta Isabela, que vai encarar a qualificação feminina já na estreia do torneio.

Na etapa anterior, a paranaense competiu no evento individual e no revezamento misto, com Danilo Fagundes. Ela e o carioca ficaram em 12º dentre as 19 duplas da disputa alternada.

“O revezamento foi incrível. Super me diverti com o Danilo. A gente fez uma dupla muito boa, com um sempre motivando o outro. Fomos bem no bônus round da esgrima e corremos super bem. Fizemos o terceiro melhor tempo no laser-run da prova”, avalia. Diferentemente da segunda etapa, a nova disputa na Bulgária não terá o revezamento misto.

Ranking olímpico

As provas da nova etapa da Copa em Sofia voltam para o Complexo Esportivo Nacional Diana (natação) e a Academia Nacional de Esportes Vasil Levski (esgrima, hipismo e laser-run (tiro a laser e corrida)).

Além das medalhas, a competição vale pontos para o ranking que está sendo formado para definir as últimas vagas para os Jogos de Tóquio. Assim como Danilo, Felipe está na Bulgária desde o fim da primeira etapa da Copa do Mundo, que aconteceu no fim de março, na Hungria. Os dois ficaram direto pela Europa para participar de um camping training para os novos eventos na capital búlgara.

“O camping foi bastante proveitoso, principalmente para treinar esgrima com os outros países. Conseguimos treinar esgrima, natação e o laser-run todos os dias, e fizemos um treino de hipismo”, conta Felipe.

Assim como o amigo pernambucano, Danilo comemora o fato de a nova etapa também ser na Bulgária. O carioca tem percebido a disputa muito acirrada nas etapas da Copa do Mundo das quais participou até agora.

“A prova está com nível altíssimo. Mas em tempos de covid é a melhor solução repetir o país sede, pois concentra todos em um lugar só, sem deslocamento”, afirma.

Comentários (0)

Leave a Reply

© 2018-2020 Agência Olímpica.

Rolar para cima