Policial que trabalhou no revezamento da chama é o infectado com covid-19

Tóquio, Japão – Um policial que trabalhou durante uma das etapas do revezamento da chama olímpica no Japão é o primeiro participante do evento diagnosticado com covid-19, informaram os organizadores nesta quinta-feira (22).

Em comunicado, Tóquio 2020 disse que o agente tem 30 anos e contraiu o vírus durante a passagem da chama pela prefeitura de Kagawa, em Shikoku, ilha do sul do país.

Ele direcionou o tráfego na cidade de Naoshima no sábado e teve febre no domingo, noticiou o jornal Asahi, citando organizadores e a polícia municipal. Segundo a reportagem, ele usou máscaras e não teve contato com os corredores.

Esta notícia cai como uma bomba no colo dos organizadores dos Jogos Olímpicos de Tóquio, que, além da crescente do coronavíus, precisam lutar contra a insatisfação de japoneses com o megaevento.

Pesquisas realizadas recentemente pela Kyodo News mostram que 70% das pessoas são contra a realização dos Jogos este ano. Deste total, 39,2% dos japoneses querem que as Olimpíadas sejam canceladas, enquanto 32,8% dos entrevistados pedem um novo adiamento.

Apenas 24,5% dos japoneses querem que os Jogos sejam realizados entre 23 de julho a 8 de agosto de 2021 como programados.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimas notícias

Artigos relacionados