Tóquio 2020 espera entrar em acordo com o COI para simplificar os Jogos até o fim de setembro

Tóquio, Japão – O CEO do comitê organizador dos Jogos de Tóquio, Toshiro Muto, disse na última terça-feira (15) que espera um acordo com o Comitê Olímpico Internacional (COI) até o final deste mês sobre “50 a 60 itens” com o objetivo de simplificar os jogos.

Em entrevista coletiva após reunião de diretoria, Muto disse que os itens – que visam reduzir custos e garantir a segurança de atletas e espectadores – abrangem o número de pessoal, infraestrutura, eventos e cerimônias relacionadas.

Os organizadores locais devem manter conversações com a comissão de coordenação do COI nos dias 24 e 25 de setembro sobre as modificações propostas após o adiamento de um ano dos jogos devido à pandemia do coronavírus.

Enquanto um amplo acordo sobre os itens é esperado na reunião, os custos estimados não estarão disponíveis até dezembro, disse Muto.

“Esperamos entrar em um acordo sobre estas questões, mas o valor aproximado da redução não estará disponível imediatamente porque precisamos examinar os números minuciosamente”, disse ele.

Embora os organizadores tenham expressado relutância em reduzir o número de espectadores, Muto disse que eles “terão uma discussão muito profunda” sobre o assunto com a comissão de coordenação, embora qualquer decisão também não ocorresse antes de dezembro.

Recentes