Vila Pan-Americana de Santiago 2023 deve custar R$ 692 mi

Cerrilhos é uma das 32 comunas de Santiago, Chile.

Governo chileno divulgou novos detalhes sobre a Vila dos Jogos Pan-Americanos de Santiago 2023

Cristian Monckeberg, Ministro de Habitação e Planejamento Urbano do Chile, revelou as propostas para a construção da Vila dos Atletas em uma reunião da Comissão de Esportes do país.

De acordo com a AS Chile, Monckeberg afirmou que a Vila dos Atletas deverá custar R$ 694 milhões, quantia que se espera alcançar por meio de uma combinação de financiamento público e privado. Este valor semelhante à quantia que Peru gastou na Vila para os Jogos deste ano na sua capital, Lima.

A construção deve começar em 2021 e entregue entre quatro e cinco meses antes dos Jogos, que acontecerão de 6 a 24 de outubro. Os Jogos Parapan-americanos serão realizados de 3 a 11 de novembro.

O cronograma inicial havia projetado que a Vila seria concluída e entregue nove meses antes do ínicio dos Jogos. O Parque Bicentenário, em Cerrillos, uma das 32 comunas que compõem Santiago, foi escolhido como o local para a Vila dos Atletas.

Monckeberg disse que a Vila dos Atletas terá 1.750 apartamentos e cerca de 7.000 quartos no total. O projeto inicial era de 2.000 apartamentos e 10.000 quartos.

Os apartamentos devem atender às necessidades de pessoas com deficiência, além de instalações médicas temporárias, uma sala de jantar e um ginásio.

A Vila dos Atletas deve ser convertida em habitação social após os Jogos Pan e Parapan-americanos na capital chilena.

O documento de licitação de Santiago 2023 afirma que o projeto faz parte do plano urbano da cidade para os próximos 20 anos, que envolve a construção de cerca de 16.800 casas.

Santiago conquistou o direito de hospedar a 19º edição dos Jogos Pan e Parapan-Americanos após a candidatura argentina de Buenos Aires ter desistido da licitação, alegando “dificuldades financeiras.

Comentários (0)

Leave a Reply

© 2018-2020 Agência Olímpica.

Rolar para cima