Croácia segue invicta no Mundial de Handebol

Data:

Seleção de Lino Čevar tem 100% de aproveitamento, até o momento

A seleção croata de handebol conquistou sua segunda vitória no Campeonato Mundial Masculino IHF de 2019, que acontece até o dia 27 de janeiro em cidasdes alemãs e dinamarquesas. A Croácia, que venceu a Islândia em um jogo difícil na última rodada, por 31 a 27, bateu o Japão por 35 a 27 neste domingo, em Munique.

Com Marin Šego no gol, a Croácia estava em grande forma fazendo uma série de defesas no primeiro tempo. Domagoj Duvnjak, Zlatko Horvat, Igor Karačić e Luka Stepančić foram clínicos no ataque para garantir um placar de 18-13 ao término do primeiro tempo..

- Advertisement -

O Japão não ofereceu nenhuma resistência real no segundo período, já que a Croácia ampliou sua vantagem para 10 gols no início do segundo tempo. A Croácia continuou marcando no gol japonês e houve mais grandes defesas croatas, desta vez de Ivan Stevanović. A particida foi vencida com 8 pontos de vantagem. Placar final, 35 a 27.

O público alemão mais uma vez lotou o ginásio para ver o jogo. Segundo a organização, mais de 5 mil pessoas estavam presentes nesta partida.

Não há descanso para o time det Lino Čevar, que enfrentará a Macedônia na próxima segunda-feira (13).

Jogos da Croacia na fase de grupos:

11 de janeiro: CRO 31 – 27 Islândia

13 de janeiro às 16:30: CRO 35 – 27 Japão

14 de janeiro às 18:00 h: CRO – Macedônia

16 de janeiro às 18:00 h: CRO – Bahrain

17 de janeiro às 20:30 h: Espanha – CRO

Seleção croata de handebol

Décima no ranking da Federação Internacional de Handebol, a seleção masculina conquistou o título mundial uma vez, em 2003, quando a competição foi disputada em Portugal. No ano seguinte, nos Jogos Olímpicos de Atenas, conquistaram o ouro olímpico pela segunda vez na história. Na última edição do Mundial, em 2017, os croatas terminaram em quarto lugar, perdendo o terceiro posrto para a seleção da Eslovênia.

- Advertisement -
Gabriel Lima
Gabriel Lima
Gabriel Lima é jornalista, formado pela Universidade Federal do Pará. Já participou da cobertura dos Jogos Olímpicos da Juventude em Buenos Aires, 2018. Na ocasião, esteve responsável pelas notícias e atualizações da ginástica artística.

Compartilhe

Recentes