Seleção feminina de handebol está fora do Mundial no Japão

Yamaga, Japão – O Brasil está eliminado do Campeonato Mundial de handebol feminino, que está em andamento no Japão. Na manhã desta quarta-feira (4), a seleção brasileira sofreu a terceira derrota na competição, desta vez para a Dinamarca por 24 a 18. Antes, perdeu para a Alemanha (30/24) e para a Coreia (33/27).

Desta forma, o time de Jorge Duenãs, que empatou com a França na penúltima rodada, não tem mais chance de avançar no torneio. Apenas os três melhores de cada grupo garantem vaga na fase seguinte.

“Fizemos um bom jogo, com dificuldades em alguns momentos. Nos último cinco minutos elas abriram o placar, tentamos retomar, mas foi impossível. Estou orgulhoso do meu time porque lutaram muito no jogo. Lutaram como guerreiras”, avaliou o técnico Dueñas.

Assim como na última edição do Mundial, em 2017, o Brasil sequer passou da fase de grupos. Naquela ocasião, o país alcançou a 18ª posição. Dois anos antes, embaladas pelo título de 2013, as brasileiras terminaram em 10º lugar, após perder para a Romênia nas oitavas.

A ponta Mariana Costa, membro da equipe campeã na Sérvia em 2013, se disse orgulhosa, mas não escondeu a frustração da eliminação.

“É claro que estamos desapontadas por ter perdido. Precisamos entender que tivemos momentos cruciais dentro do jogo e os cinco minutos finais nos custaram muito. Estou orgulhosa de nosso time, acho que tivemos um bom desenvolvimento, crescemos e esperamos voltar melhores”, afirmou.

A seleção feminina de handebol do Brasil volta à quadra na madrugada da próxima sexta-feira, horário de Brasília. Às 5h, o Brasil enfrenta a Austrália pela última partida da fase de grupos. O país oceânico também está matematicamente eliminado.

Comentários (0)

Leave a Reply

© 2018-2020 Agência Olímpica.

Rolar para cima