Russas fazem história no Mundial Júnior de ginástica artística

Russas fazem história no Mundial Júnior de ginástica artística

Russas vencem as finais por equipes e individual geral da primeira edição do Mundial Júnior de ginástica artística; Brasil é 7º

Nesta sexta-feira, 28 e junho, foram conhecidas as primeiras campeãs do primeiro Mundial Júnior de ginástica artística da Federação Internacional de Ginástica (FIG), que acontece em Gyor, na Húngria, até o dia 30. A Rússia dominou a competição e conquistou, de cara, três medalhas: dois ouros e uma prata. O Brasil terminou em sétimo na final por equipes e avançou à final da trave com Júlia Soares, que conquistou a sexta melhor das oito notas.

Como a competição classificatória também definiria as equipes vencedoras, e as medalhistas do individual geral – prova em que são somadas todas as notas das ginastas -, as russas acabaram subindo ao pódio três vezes. Na disputa por nações, elas somaram 111.654 e superaram as chinesas, 109.497, e as americanas, 109.380, prata e bronze, respectivamente. A seleção brasileira anotou 102.231 e ficou na sétima posição.

No individual geral, dobradinha de Viktoria Listunova e Vladislava Urazova. Listunova garantiu o lugar mais alto no pódio ao superar a compatriota por 0.025, com 55.323. A chinesa Ou Yushan foi a terceira com 54.931. Júlia Soares, melhor brasileira na prova, terminou na 19º posição, com 50.365, quase quatro pontos atrás da primeira colocada.

Júlia Soares conquista vaga na final da trave

A seleção brasileira feminina de ginástica Artística conseguiu classificar uma de suas atletas para as finais da competição. Nesta sexta-feira (28), Julia Soares acabou obtendo um lugar na disputa de medalhas da final da trave, marcada para domingo (30), após terminar a qualificação em sexto lugar.

Com o resultado, o Brasil soma um total de cinco finais individuais na competição, juntando as participações das equipes feminina e masculina.

No sábado (29), o Brasil buscará sua primeira medalha no Mundial com Diogo Soares, na prova das argolas, a partir das 11h30 (horário de Brasília). Duas vezes medalhista na Olimpíada da Juventude de 2018, Diogo também disputará no domingo (30) um lugar no pódio nas provas da barra fixa e do salto, quando terá a companhia do compatriota João Vieira. Neste mesmo dia, acontecerá a final da trave de Julia Soares.

Programação do Mundial

29/6 (Sábado)

9h às 12h50 – Finais por aparelho: solo masculino – salto feminino – cavalo com alças masculino – barras assimétricas feminino – argolas masculino

30/6 (Domingo)

9h às 12h50 – Finais por aparelho: salto masculino – trave feminino – paralelas masculino – solo feminino – barra fixa masculino

Obs: Horários de Brasília

Todas as informações da competição estão disponíveis no site da FIG.

Comentários (0)

Leave a Reply

© 2018-2020 Agência Olímpica.

Rolar para cima