Diego Hypólito erra, fica em 40º e encerra sua participação em Doha

Data:

Ginasta brasileiro voltou a participar de competições internacionais após quase três anos

Único representante da ginástica artística do Brasil na Copa do Mundo por aparelhos de Doha (Qatar), Diego Hypólito encerrou sua participação na competição nesta quarta-feira (20). Na disputa do qualificatório do solo, o ginasta voltou a apresentar falhas em alguns movimentos e terminou na 40ª posição, com a nota 11,700.

Esta foi a segunda competição internacional de Diego Hypólito em quase três anos de ausência. Depois da conquista da medalha de prata no solo na Olimpíada Rio-2016,  só voltou a competir na última semana, na etapa da Copa do Mundo em Baku (Azerbaijão), na semana passada. Na ocasião, ele também não passou pela qualificação.

- Advertisement -

“Infelizmente, o Diego não foi bem e voltou a apresentar o mesmo deslize que cometeu em Baku. Agora, temos que trabalhar muito e estudar quais serão as possíveis competições para ele disputar”, afirmou o treinador Ricardo Yokoyama.

As etapas da Copa do Mundo por aparelhos são mais um caminho para assegurar um lugar na Olimpíada de Tóquio-2020. Para isso, são considerados os três melhores resultados cada ginasta nos respectivos aparelhos, contabilizando as temporadas 2018/19 e 2019/20. O melhor ginasta em cada aparelho nesta classificação irá para a Olimpíada

- Advertisement -
Gabriel Lima
Gabriel Lima
Gabriel Lima é jornalista, formado pela Universidade Federal do Pará. Já participou da cobertura dos Jogos Olímpicos da Juventude em Buenos Aires, 2018. Na ocasião, esteve responsável pelas notícias e atualizações da ginástica artística.

Compartilhe

Recentes