Com bronze na trave, Rebeca Andrade tem medalhas em todos os eventos da ginástica artística em Mundiais

Data:

A brasileira Rebeca Andrade conquistou a medalha de bronze na trave no Mundial de ginástica artística de 2023, que este ano ocorre em Antuérpia, na Bélgica.

Simone Biles, dos EUA, foi ouro e Yaqyin Zhou, da China, foi prata.

- Advertisement -

Rebeca foi a última a se apresentar no aparelho e, com uma série firme e bem executada, ela tirou a campeã olímpica da Rio 2016 na trave, Sanne Wevers, da terceira posição para conquistar um histórico bronze na trave.

Esta é a primeira vez que uma ginasta brasileira conquista uma medalha mundial na trave, além de ser a única medalha que faltava para a coleção de Rebeca, que agora tem medalhas em todos os eventos da modalidade em Mundiais.

Campeã do individual geral (2022) e do salto (2021, 2023), Rebeca foi medalhista de prata por equipes (2023) e nas barras assimétricas (2021), além de bronze no solo (2022).

Rebeca ainda vai disputar a final do solo neste domingo, numa decisão que tem Simone Biles e Flavia Saraiva.

- Advertisement -
Gabriel Lima
Gabriel Lima
Gabriel Lima é jornalista, formado pela Universidade Federal do Pará. Já participou da cobertura dos Jogos Olímpicos da Juventude em Buenos Aires, 2018. Na ocasião, esteve responsável pelas notícias e atualizações da ginástica artística.

Compartilhe

Recentes