Brasil tem duas ginastas no grupo das seis melhores do mundo pela 1ª vez

Data:

Pela primeira vez na história de um Campeonato Mundial de ginástica artística, o Brasil terá duas ginastas no grupo das seis primeiras classificadas para a final do individual geral. Rebeca Andrade e Flávia Saraiva, qualificadas em quarto e em sexto, representarão o país na competição que ocorre na próxima sexta-feira (6).

A final all around é a final individual mais nobre da ginástica artística, uma vez que coroa a melhor ginasta no somatório dos quatro aparelhos femininos. As 24 classificadas são divididas em quatro grupos, com seis cada. Historicamente, as melhores classificadas começam no salto.

- Advertisement -

Além do Brasil, apenas os Estados Unidos conseguiram emplacar duas ginastas no seleto grupo das seis primeiras: Simone Biles (1º) e Shilese Jones (2º). Jessica Gadirova, da Grã Bretanha, ficou em terceiro após o primeiro dia e, completando, Elsabeth Black, em 5º.

A final do individual geral será no próximo dia 6 de outubro, a partir das 14h30, com transmissão no Brasil por diversas plataformas.

Mundial de ginástica artística de 2023: programação completa das finais

Rebeca Andrade e Flavia Saraiva disputam finais por aparelhos

Além da finais por equipes e individual geral, as brasileira Rebeca Andrade e Flavia Saraiva vão brigar por medalhas também nas finais por aparelhos. Rebeca está classificada para a final do salto, trave e solo. Flavia vai em busca de medalhas apenas no solo.

- Advertisement -
Gabriel Lima
Gabriel Lima
Gabriel Lima é jornalista, formado pela Universidade Federal do Pará. Já participou da cobertura dos Jogos Olímpicos da Juventude em Buenos Aires, 2018. Na ocasião, esteve responsável pelas notícias e atualizações da ginástica artística.

Compartilhe

Recentes