Ao som de ‘Baile de Favela’, Rebeca Andrade termina em 5º no solo em Tóquio

Tóquio, Japão – Na disputa de sua terceira medalha olímpica, a brasileira Rebeca Andrade acabou em quinto lugar na final do solo. Com esse resultado, ela repete o desempenho de Daiane dos Santos em Atenas (2004).

A medalha de ouro ficou com a americana Jade Carey, com a nota de 14.366, seguida pela italiana Vanessa Ferrari, com 14.2000. A russa Angelina Melnikova e japonesa Murakami Mai empataram com a nota de 14.366, seguida pela italiana Vanessa Ferrari, com 14.2000. A russa Angelina Melnikova e japonesa Murakami Mai empataram com a nota de 14.166, e subiram juntas ao pódio para receber a medalha de bronze.

Novamente ao som de uma versão instrumental de Baile de Favela, funk de McJoão, a jovem nascida em Guarulhos (SP) fez uma belíssima apresentação, mas foi punida ao colocar um pé para fora do tablado, e terminou com a nota de 14.033 no quinto lugar.

Rebeca encerrou, assim, uma participação histórica para o esporte brasileiro.

“Estou muito feliz com todas as apresentações que fiz desde o primeiro dia, é uma alegria que vem de dentro para fora mesmo. Conquistei duas medalhas inéditas com muito esforço e muito suor de muita gente”, afirmou Rebeca à Rede Globo logo após a prova.

A ginástica brasileira compete em sua última final, a partir das 5h50 de terça-feira, com Flávia Saraiva na trave de equilíbrio (BB).

Recentes