Ex-presidente da FIG, Bruno Grandi morre aos 85 anos

Ex-presidente da FIG, Bruno Grandi morre aos 85 anos

O italiano Bruno Grandi, ex-presidente da Federação Internacional de Ginástica (FIG) e co-fundador da União Europeia de Ginástica (UEG), morreu nesta sexta-feira (13), aos 85 anos, na Itália, onde morava. A causa da morte não foi divulgada.

Grandi comandou a entidade máxima da ginástica por por 19 anos (1997-2016) e propôs grandes mudanças no esporte durante este período. Entre elas, a extinção do antigo sistema de pontuação e também a imposição de limites mínimos de idade nas competições – 16 para mulheres e 18 para homens.

“Esta medida se esforçou para combater o treinamento intensivo imposto a crianças em certos países e reduzir o risco de lesões”, disse a FIG em comunicado publicado hoje.

Por sua contribuição ao movimento olímpico, Grandi foi membro do COI, o Comitê Olímpico Internacional, por quatro anos até 2004.

“Hoje, lamentamos a perda de um homem de coração caloroso que nos mostrou o caminho com toda a paixão que ele tinha pelo esporte”, disse o presidente da FIG, Morinari Watanabe.

Comentários (0)

Leave a Reply

© 2018-2020 Agência Olímpica.

Rolar para cima