Após campanha histórica em Lima, ginástica brasileira já pensa no Mundial de Stuttgart

Depois da melhor participação da ginástica artística brasileira em Jogos Pan-americanos, os ginastas do Time Brasil já pensam no Mundial de outubro, em Stuttgart, na Alemanha. O objetivo do país na competição é classificar as duas equipes para a Olimpíada do próximo ano.

Em Lima, todos os ginastas brasileiros conquistaram medalhas. Ao todo, foram onze pódios, o que garantiu ao Brasil a liderança no quadro de medalhas da modalidade. No masculino, foram quatro ouros e quatro pratas. No feminino, três bronzes.

Para Henrique Motta, coordenador geral da CBG (Confederação Brasileira de Ginástica), o balanço da participação da ginástica artística no Pan de Lima foi extremamente positivo.

“Conquistar estes resultados, que nos deram a melhor campanha da história em Pan-Americanos, não foi simples, mas está ligado à nossa intensa preparação. A ginástica é um esporte em que você precisa estar sempre pronto para qualquer adversidade e eles estavam preparados para isso”, disse Motta.

“Agora seguimos em frente. Tem o Mundial, que é classificatório para a Olimpíada de Tóquio, e temos confiança de que dará tudo certo e classificaremos nossas duas equipes completas”, disse Henrique Motta confiante no desempenho do Brasil em outubro.

O Campeonato Mundial de ginástica artística de Stuttgart será realizado entre os dias 4 e 13 de outubro.

FIG divulga ordem de apresentações no Mundial de Stuttgart

As medalhas da Ginástica Artística do Brasil no Pan de Lima

Feminino

• Equipe (Flavia Saraiva, Carolyne Pedro, Lorrane Oliveira, Thais Fidélis e Jade Barbosa) – bronze
• Flavia Saraiva – individual geral – bronze
• Flavia Saraiva – solo – bronze

Masculino

• Equipe (Francisco Barreto Junior, Caio Souza, Arthur Zanetti, Luís Porto e Arthur Nory) – ouro
• Caio Souza – individual geral – ouro
• Arthur Nory – individual geral – ouro
• Arthur Zanetti – argolas – prata
• Francisco Barreto Júnior – cavalo com alças – ouro
• Francisco Barreto Júnior – barra fixa – ouro
• Arthur Nory – barra fixa – prata
• Caio Souza – paralelas – prata

PUBLICIDADE

Últimas notícias

LEIA TAMBÉM