Simone Biles deixará a ginástica em 2020

Penta medalhista olímpica, Simone Biles afirmou que não competirá o Mundial de 2021, em Copenhague, nem as Olimpíadas de 2024, em Paris.

Considerada uma das maiores ginastas de todos os tempos, a estadunidense de 21 anos e 1,45 m de altura, detentora de quatro ouros e um bronze olímpicos, 20 medalhas em Campeonatos Mundiais, sendo 9 delas de ouro, Simone Biles anunciou em entrevista ao The Undefeated, um portal de notícias esportivas e cultura popular da ESPN, que após os Jogos Olímpicos de Tóquio ela se aposentará.

Ao ser perguntada sobre os planos para depois das próximas Olímpiadas, Biles afirmou ao jornalista Danyel Smith que se aposentará, dizendo que “(continuar) é muito para seu corpo”. A ginasta, primeira na história da modalidade artística a conquistar quatro títulos no Individual Geral, disse também que essa não foi uma decisão fácil.

Os Jogos de Tóquio acontecerão de 24 de julho a 9 de agosto de 2020.

Simones Biles

Simone Biles estreou na categoria adulta em 2013, durante o AT&T American Cup, competição oficial da Federação Internacional de Ginástica (FIG) realizada anualmente em solo estadunidense. Nesta competição, Simone conquistou a medalha de prata, após cair cometer grandes erros na trave. No mesmo ano, ela participou pela primeira vez de um Campeonato Mundial, em Antuérpia, onde conquistou dois ouros, uma prata e um bronze, além do quarto lugar nas barras assimétricas.

Em 2014, no Mundial de Nanning mais títulos. Biles conquistou o bicampeonato no Individual Geral e no solo, ouro por equipes, ouro na trave e prata no salto. No Mundial de Glasgow, em 2015, Biles repetiu todos os títulos da edição anterior, tendo piorado seu resultado apenas no salto sobre a mesa, no qual conquistou o bronze.

Nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, Simone era a grande estrela da competição e única atleta com chances de conquistar cinco medalhas de ouro naquela edição dos Jogos. Biles conquistou quatro ouros (TF, AA, VT e FX) e, mesmo errando na final da trave de equilíbrio, conquistou o terceiro lugar.

Sem competir em 2017, Biles retornou em 2018 para fazer história, mais uma vez, no Campeonato Mundial. Classificada para todas as finais possíveis, Biles conquistou medalha em todos os eventos e tornou-se a primeira ginasta a ganhar quatro vezes o título do Individual Geral.

Se confirmada sua aposentadoria em 2020, a ginástica, e o esporte em geral, perderá um de seus maiores ídolos da atualidade.

Recentes