Brasil estreia no Mundial de basquete diante da Nova Zelândia

O Brasil está na expectativa para o Mundial de basquete, disputado em Nanjing, na China. A Seleção vai encarar a Nova Zelândia neste domingo, às 5h. Para o torneio, o treinador Aleksandar Petrovic conta com a experiência de Alex, Leandrinho, Varejão e Huertas para guiar a equipe.

Os três jogadores estão entre os mais experientes do grupo. Leandrinho destacou que não há adversário fácil no Mundial e apontou a expectativa para a estreia.

“Eu acho que será um jogo bem difícil, mas espero que a gente saiba lidar bem com isso, pois confio muito no nosso grupo, nos nossos jogadores e tenho certeza de que vamos conseguir cumprir o que viemos fazer aqui. Temos que pensar na vitória e trabalhar psicologicamente para estarmos bem fortes principalmente nos minutos finais. Pensamento positivo, tenho certeza que vai dar tudo certo”, disse.

Atual campeão do NBB, Varejão ressaltou algumas campanhas negativas do Brasil em torneios anteriores, mas acredita na mescla de gerações do grupo para buscar uma medalha neste Mundial.

“Sabemos das dificuldades de conquistar uma medalha numa Copa do Mundo, mas confiamos no nosso grupo, estamos fechados e temos uma mescla de três gerações nessa seleção, que é a nossa, dos mais velhos, a de Benite, Augusto, Felício e Rafa (Luz), e a mais nova com Didi, Yago e Caboclo. Potencial nós temos, sabemos que não será fácil, mas se nosso jogo encaixar tudo pode acontecer”, analisou.

Acompanhe a programação e os resultados do Mundial de basquete 2019 aqui:

https://agenciaolimpica.com.br/basquete/13386/resultados-copa-do-mundo-basquete-masculino-2019/

Recentes