US Open será o Grand Slam de tênis com a maior premiação da história

Data:

Último Grand Slam do ano, o US Open, torneio disputado em quadras duras, será a competição de tênis com a maior premiação monetária da história do esporte. Marcado para os dias 26 de agosto e 8 de setembro, em Nova Iorque, a competição entregará 57 milhões de dólares (cerca de R$ 213 milhões de reais) em premiação.

Os vencedores do torneio individual masculino e feminino vão cada um ganhar 3,85 milhões de dólares enquanto que os vencedores nas duplas vão faturar um prêmio de 740.000 dólares, segundo a Federação de Tênis dos Estados Unidos (USTA), entidade que organiza o US Open.

- Advertisement -

A premiação recebeu um aumento de 8% em relação ao ano passado, quando Naomi Osaka derrotou a local Serena Williams e conquistou o primeiro Major da carreira.

Os jogadores eliminados na primeira rodada tiveram um aumento de 47% nos últimos quatro anos enquanto que os que perderem na segunda fase vão receber 100.000 dólares.

US Open 2019 terá a participação de dois brasileiros

Os tenistas brasileiros Thiago Monteiro e Bia Haddad Maia, que recentemente retornaram ao top 100 dos rankings ATP e WTA, respectivamente, foram confirmados na chave principal do US Open e defenderão o Brasil no último Grand Slam do ano, que começa dia 26 de agosto, em Nova Iorque.

Monteiro subiu 25 posições no marcador depois de furar o quali de Wimbledon e vencer o challenger de Braunschweig, no saibro alemão, semana passada. Dessa forma, o cearense saltou do 113º para a 88º colocação e garantiu vaga na competição norte-americana.

Esta será a segunda participação de Thiago Monteiro no US Open. A anterior foi em 2017, quando ele caiu ainda na rodada de estreia. Ele fará sua sétima aparição em Grand Slam e tem duas vitórias em torneios deste porte.

Já Beatriz Haddad Maia subiu do 121º para o 96º lugar no ranking feminino depois de passar pelo qualificatório em Wimbledon e ainda vencer a ex-número 1 do mundo Garbiñe Muguruza em sua estreia na chave principal. Com isso, a paulistana de 23 anos conseguiu ficar entre as 102 jogadoras que entram diretamente no US Open.

- Advertisement -
Gabriel Lima
Gabriel Lima
Gabriel Lima é jornalista, formado pela Universidade Federal do Pará. Já participou da cobertura dos Jogos Olímpicos da Juventude em Buenos Aires, 2018. Na ocasião, esteve responsável pelas notícias e atualizações da ginástica artística.

Compartilhe

Recentes