Mais um triste revés para o Brasil no Aberto de Guadalajara

Data:

No palco do inédito título de duplas da brasileira Luisa Stefani, que naquela ocasião venceu a parceria da brasileira Bia Haddad Maia, o Brasil só tem a lamentar no Aberto de Guadalajara de 2023.

Com uma queda precoce e duas desistências, o Brasil coleciona reveses nesta edição do torneio disputado em quadras rápidas e com premiação de $ 2.78 milhões de dólares.

- Advertisement -

Primeiro, a dupla formada pela campeã Luisa Stefani e a mexicana Giulia Olmos foi derrotada logo na estreia pelas russas Anastasia Potapova e Veronika Kudermetova, por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 3/6 e 10/7.

Depois, Bia Haddad Maia se viu obrigada a desistir do torneio por conta de um acidente que sofreu no quarto do seu hotel, onde cortou a mão após o box explodir.

Por fim, Ingrid Martins precisou se retirar da chave de duplas após um estiramento na coxa de sua parceira, a americana Angela Kulikov.

Ingrid Martins está fora do Aberto de Gudalajara, após lesão de parceira

- Advertisement -
Gabriel Lima
Gabriel Lima
Gabriel Lima é jornalista, formado pela Universidade Federal do Pará. Já participou da cobertura dos Jogos Olímpicos da Juventude em Buenos Aires, 2018. Na ocasião, esteve responsável pelas notícias e atualizações da ginástica artística.

Compartilhe

Recentes