Brasil têm cinco representantes no individual e uma dupla no Aberto da Eslovênia

Data:

Caroline Kumahara conquistou vaga na chave principal. Tsuboi e Jouti iniciam a participação no torneio de duplas diretamente nas oitavas de final

O Aberto da Eslovênia chega ao terceiro dia de disputas em Otocec, com o nível de dificuldade aumentando cada vez mais. Nesta sexta-feira (10), acontecem as estreias dos cabeças de chave do torneio, nível challenge do Circuito Mundial de tênis de mesa. O Brasil terá cinco atletas no individual e uma dupla na chave principal.

A última a conquistar a vaga no terceiro dia foi Caroline Kumahara. Na quinta-feira (9), ela venceu a bósnia Emina Hadziahmetovic, por 3 a 1 (11/8, 5/11, 11/6 e 11/8), garantindo a primeira colocação do grupo 10. Na fase de 64, ela enfrenta Wing Nam, de Hong Kong, às 6h30 (de Brasília).

- Advertisement -

“Estou me sentindo melhor aqui na Eslovênia, estou com mais ritmo e mais tranquila. Fico muito feliz de ter vencido os dois jogos e ter classificado para a chave principal”, disse Caroline.

Os demais cabeças de chave também têm estreias definidas. Bruna Takahashi encara a tailandesa Nanthana Komwong, no mesmo horário da partida de Caroline. Vitor Ishiy terá pela frente o italiano Carlo Rossi, às 7h25. Gustavo Tsuboi inicia sua trajetória diante do japonês Yuki Matsuyama, às 8h20. No mesmo horário, Eric Jouti enfrenta o tailandês Padasak Tanviriyavechakul. Jéssica Yamada, a sexta brasileira no torneio, acabou derrotada pela húngara Orsolya Ferrer, por 3 a 0 (11/13, 9/11 e 3/11), sendo eliminada na fase de grupos.

A expectativa brasileira também deve ser direcionada para o torneio de duplas masculino, que tem a parceria Gustavo Tsuboi e Eric Jouti como cabeça de chave número 1. Os adversários da estreia, nas oitavas de final, serão Feng Yi-Hsin e Hung Tzu-Hsiang, de Taiwan, às 12h10. No ano passado, os brasileiros ficaram com a prata.

Sub-21 e Duplas

No torneio Sub-21, Bruna Takahashi deixou a competição na fase de 32. Ela foi derrotada pela belga Margo Degraef, por 3 a 0 (8/11, 9/11 e 8/11). Nas duplas, Bruna e Jéssica foram batidas pelas francesas Laura Pfefer e Audrey Zarif, em jogo bem equilibrado, por 3 a 2 (8/11, 3/11, 11/7, 12/10 e 11/13).

- Advertisement -
Gabriel Lima
Gabriel Lima
Gabriel Lima é jornalista, formado pela Universidade Federal do Pará. Já participou da cobertura dos Jogos Olímpicos da Juventude em Buenos Aires, 2018. Na ocasião, esteve responsável pelas notícias e atualizações da ginástica artística.

Compartilhe

Recentes