Hugo Calderano disputa torneio com os melhores do mundo em Singapura

Hugo Calderano disputa torneio com os melhores do mundo em Singapura

Singapura –  O mesatenista Hugo Calderano está na Singapura para a disputa do último compromisso oficial da temporada. Atual número seis do mundo, Calderano participa do T2 Diamond, competição que reúne os 15 primeiros do ranking mundial, além de um atleta escolhido pela organização.

O brasileiro estreia na próxima quinta-feira (21), no quarto jogo da série, por volta das 11h de Brasília. O confronto será contra o japonês Koki Niwa, 11º colocado, que foi derrotado por Calderano nas quartas de final do Aberto da Áustria, no último sábado.

“Não estávamos acostumados a participar de tantas competições. Havia mais tempo para treinar, não era tão corrido. Mas, com a mudança no ranking passamos a ter que jogar mais. […] É muito importante disputar todas essas competições”, disse o brasileiro, lembrando que as regras exigem presença em uma quantidade mínima de eventos internacionais.

As partidas do T2 Diamond são consecutivas, em sessões com quatro partidas e mesa única. O confronto se desenrola por 24 minutos. Em caso de empate em 10 a 10 no set, quem fizer o primeiro ponto vence. Se um atleta não conseguir fechar os quatro sets neste tempo, a disputa entra no T5 e os sets passam a ser vencidos por quem fizer cinco pontos primeiro.

Além de uma boa premiação em dinheiro (o campeão leva U$ 100 mil), a competição em Singapura distribui preciosos pontos no ranking mundial. Na primeira etapa da competição, disputada em julho, o campeão somou mil pontos. Hugo Calderano, que caiu ainda nas oitavas, faturou 400 pontos.

Jean-René Mounié, técnico do brasileiro, disse que o T2 Diamond “não fazia parte do planejamento inicial”, mas que “por causa dos pontos atribuídos ao ranking mundial, Hugo precisa participar”. Ele acrescentou que, “embora ele (Calderano) esteja há algum tempo sem treinar, ele vai dar o melhor dele na competição”.

A competição será transmitida ao vivo pelo site oficial do torneio e também pela Federação Internacional de Tênis de Mesa (ITTF). 

Comentários (0)

Leave a Reply

© 2018-2020 Agência Olímpica.

Rolar para cima